Bolsa Amazon destrona Microsoft e é agora a cotada mais valiosa do mundo

Amazon destrona Microsoft e é agora a cotada mais valiosa do mundo

O valor de mercado da Amazon, num fecho de sessão, é pela primeira vez o mais elevado entre todas as cotadas mundiais.
Amazon destrona Microsoft e é agora a cotada mais valiosa do mundo
Nuno Carregueiro 07 de janeiro de 2019 às 22:08

Aconteceu esta segunda-feira mais uma mudança no topo das empresas cotadas mais valiosas do mundo, um "ranking" que é dominado pelas gigantes tecnológicas norte-americanas. A Amazon disparou mais de 3% na sessão de hoje e superou o valor de mercado da Microsoft.

 

A fabricante de software tinha destronado a Apple no final do ano passado e agora a Amazon consegue chegar pela primeira vez à primeira posição, embora a retalhista online tenha atualmente uma capitalização bolsista bem inferior à registada quando superou a marca do bilião de dólares.

 

No fecho da sessão de hoje a Amazon tinha um valor de mercado de 796,8 mil milhões de dólares, depois das ações terem subido 3,4% para 1.629,51 dólares. A Microsoft subiu 0,1%.

 

De acordo com o Wall Street Journal esta é a primeira vez que a Amazon chega ao topo das cotadas mais valiosas do mundo. A Bloomberg diz que tal já aconteceu durante uma sessão em dezembro, mas se tivermos em conta apenas valores de fecho, esta é mesmo uma estreia para a empresa liderada por Jeff Bezos, que já é há vários meses o homem mais rico do mundo.

 

O "raking" das cotadas mais valiosas do mundo tem sido nos últimos tempos preenchido nos lugares cimeiros por empresas do setor tecnológico. O reinado da Apple foi prolongado, mas a queda acentuada das ações desde que teve o início do "sell off" nas bolsas em outubro baixou o valor de mercado da empresa. Os sinais de abrandamento nas vendas de iPhone penalizaram fortemente os títulos já no arranque deste ano, levando a capitalização bolsista da Apple para os 702 mil milhões de dólares.

 

Depois de ter sido a primeira "trillion dollar baby" (a marca foi atingida em agosto e a capitalização bolsista chegou a ser de 1,1 biliões de dólares), a Apple é agora a quarta posicionada nas cotadas mais valiosas do mundo, pois à frente tem ainda outra tecnológica, a Alphabet (que controla a Google e tem um valor de mercado de 745 mil milhões de dólares).

 

A distância no valor destas quatro empresas está na faixa dos 100 mil milhões de dólares e como mostra o que aconteceu nas últimas semanas não é preciso acontecimentos de muito relevo para mais trocas de posições no "ranking" das mais valiosas do mundo.

 

      

     




pub

Marketing Automation certified by E-GOI