Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Após o adeus da TIM à Oi, para onde vai a Pharol?

O fundo LetterOne sonhou com uma fusão entre a Oi e a TIM. O processo não aconteceu e as acções da Pharol foram penalizadas. E o futuro não parece melhor, dizem os analistas. Tudo depende do principal activo: a Oi.

Pedro Elias/Negócios
André Tanque Jesus andrejesus@negocios.pt 28 de Fevereiro de 2016 às 21:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A TIM saltou fora da fusão com a Oi, que havia sido proposta pelo fundo russo LetterOne. Resultado? As acções da Pharol, a principal accionista da Oi, afundaram quase 27% na semana. Os desempenhos negativos fazem parte ...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Pharol Oi TIM consolidação LetterOne fusão bolsa
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias