Bolsa Aposta de Warren Buffett leva Wall Street a valorizar 1%

Aposta de Warren Buffett leva Wall Street a valorizar 1%

O conhecido investidor continua a ditar o rumo dos mercados accionistas. O investimento de mais de mil milhões de dólares na Apple impulsionou Wall Street. A alta do petróleo também.
Aposta de Warren Buffett leva Wall Street a valorizar 1%

As bolsas norte-americanas fecharam em terreno positivo, impulsionadas pelas tecnológicas e pelas produtoras de matérias-primas, depois do petróleo ter atingido um máximo de seis meses.

 

O Dow Jones ganhou 1% para 17.710,71 pontos e o S&P500 registou uma valorização idêntica para fechar nos 2.066,65 pontos. O Nasdaq valorizou 1,22% para 4.775,4 pontos.

 

A aposta de Warren Buffett na Apple marcou a sessão em Wall Street e acabou por ditar o rumo dos índices accionistas, que no final da semana passada tinham fixado um mínimo de um mês.

 

Buffett investiu em torno de mil milhões de dólares na compra de 9,81 milhões de títulos da tecnológica liderada por Tim Cook, investimento feito ao longo dos primeiros três meses deste ano. O valor médio pago por acção da Apple foi de 109 dólares.

 

O investimento foi efectuado antes de as acções da tecnológica afundarem em bolsa, pelo que apesar destas terem registado uma forte subida na sessão desta segunda-feira, Buffett continua a perder dinheiro com esta aposta que fez na Apple e que só agora foi conhecida.  

 

As acções da Apple fecharam a sessão a subir 3,71% para 93,88 dólares. Uma valorização suficiente para a empresa da maçã recuperar o estatuto de cotada mais valiosa do mundo, que tinha perdido para a Google devido às dúvidas sobre a capacidade da empresa da maçã em continuar com o crescimento das vendas. Aliás, a Apple teve nos três primeiros meses do ano a primeira quebra das receitas em mais de uma década.

 

Ainda a concentrar as atenções dos investidores esteve o anúncio, feito esta segunda-feira pela própria farmacêutica, de que a Pfizer pretende comprar a Anacor Pharmaceuticals por cerca de 4,5 mil milhões de dólares. Depois de ter falhado a fusão com a Allergan, a Pfizer volta-se agora para negócios de menor dimensão, oferendo 99,25 dólares por cada título da Anacor. A Anacor disparou 57,2% para 100,67 dólares e a Pfizer também fechou em alta (0,57% para 33,38 dólares).

 

A subida do petróleo também teve influência no fecho positivo de Wall Street, já que a matéria-prima tocou em máximos de seis meses e aproximou-se da barreira dos 50 dólares, depois de o Goldman Sachs ter revisto em alta as suas estimativas para o preço do barril. No sector destacou-se a petrolífera Chevron, com um ganho de 1,54% para 102,29 dólares e a Exxon Mobil, que avançou 1,03% para 89,57 dólares.

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI