Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple fixa máximo histórico e volta a superar os 400 mil milhões de dólares em valor de mercado

A maior tecnológica do mundo fixou hoje um novo máximo histórico e a sua capitalização bolsista chegou a superar os 400 mil milhões de dólares, depois de ter lançado um serviço em que disponibiliza versões digitais de livros de estudo, o que pode impulsionar as vendas do iPad.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 19 de Janeiro de 2012 às 16:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os títulos da Apple chegaram a progredir 0,53% para 321,369 dólares, altura em que a sua capitalização bolsista superou os 400 mil milhões de dólares (312 mil milhões de euros).

Os títulos seguem agora a negociar praticamente inalterados ao avançarem 0,05% para 429,343 dólares e o seu valor de mercado salda-se agora em 399,97 mil milhões de dólares, segundo a Bloomberg.

A analista da Cross Research, Shannon Cross, subiu o preço-alvo das acções da Apple para 540 dólares por acção, o que confere um potencial de valorização de 64% aos títulos da tecnológica. Este ano, a Apple já valorizou 5,95% e prolonga os ganhos de 25,56% do ano passado. Em 2010, o ganho fora de 53% e, no ano anterior, de 146%, segundo os dados da Bloomberg.

A Apple lançou hoje o serviço denominado iBooks 2 e que tem como objectivo tornar os livros escolares mais interactivos e fáceis de pesquisar, segundo explicou o vice-presidente do departamento de “marketing” da Apple, Phil Schiller, à imprensa, segundo a Bloomberg.

O iBooks aproveita as funcionalidade do iPad, que é um produto com o crescimento mais rápido na história do mercado de electrónica de consumo. Até Setembro do ano passado, a Apple já tinha vendido 40 milhões de iPads, sendo que 1,5 milhões são utilizados com finalidades educativas, segundo disse Schiller.
Ver comentários
Saber mais Apple Jobs Steve iBooks iPad iPhone iMac bolsa recorde máximo histórico
Mais lidas
Outras Notícias