Bolsa Arrastão no setor tecnológico abala Wall Street

Arrastão no setor tecnológico abala Wall Street

As bolsas do outro lado do Atlântico encerraram em baixa, fortemente penalizadas pelo setor tecnológico depois do corte de relações com a chinesa Huawei por parte das suas fornecedoras norte-americanas.
Arrastão no setor tecnológico abala Wall Street
Reuters
Carla Pedro 20 de maio de 2019 às 21:10

O Standard & Poor’s 500 encerrou a ceder 0,67% para 2.840,23 pontos e o Dow Jones recuou 0,33% para 25.679,90 pontos.

 

Já o tecnológico Nasdaq Composite registou uma desvalorização de 1,46% para 7.702,38 pontos.

 

O aumento de tensões entre os EUA e a China, nomeadamente com o novo capítulo da Huawei, está a começar a atingir mais tecnológicas norte-americanas de topo, sublinha a CNN.

 

Depois de a Google ter anunciado que ia suspender os negócios com a Huawei, não demorou muito até outras fabricantes dos EUA seguirem os mesmos passos, no âmbito da ordem executiva da Administração Trump de proibir as empresas norte-americanas de fornecerem aquela empresa chinesa (e outras) sem uma licença do governo dos Estados Unidos.

 

Esta decisão das fornecedoras da Huawei penalizou grandemente as empresas do setor, nomeadamente no segmento dos semicondutores, provocando um arrastão que mergulhou as tecnológicas para um mar de números vermelhos – levando a que o Nasdaq fosse o índice com pior desempenho em Wall Street.

 

A Huawei usa o sistema operativo Android da Google nos seus aparelhos, bem como a loja da aplicação Google Play. Mas a empresa chinesa já disse ter um plano B para contornar este revés.

 

Os ganhos das cotadas do setor financeiro e das "utilities" (gás, água e eletricidade) ajudaram a travar as perdas mas não foram suficientes para deixar as bolsas do outro lado do Atlântico no verde.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI