Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Aumento dos pedidos de subsídio de desemprego penaliza Wall Street

As bolsas norte-americanas encerraram em baixa, à exceção do Nasdaq, pressionadas pelo aumento acima do esperado dos novos subsídios de desemprego na semana passada nos EUA.

Os mercados bolsistas europeus entraram em território “bear”.
Justin Lane/EPA
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 25 de Novembro de 2020 às 21:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Dow Jones fechou a ceder 0,58%, para os 29.872,47 pontos, depois de ontem tocar nos 30.116,51 pontos – naquele que foi um novo máximo histórico.

 

Hoje o Dow ainda chegou a negociar acima dos 30.000 pontos, barreira que superou ontem pela primeira vez na sua história, mas entretanto perdeu fôlego e fixou-se abaixo desse patamar.

 

Por seu lado, o Standard & Poor’s 500 recuou 0,16% para 3.629,65 pontos.

 

Em contrapartida, o tecnológico Nasdaq Composite conseguiu manter-se em terreno positivo, a subir 0,48% para 12.094.40 pontos, o que constituiu um novo recorde de fecho. Durante a sesão, chegou mesmo a estabelecer um novo máximo histórico, nos 12.114,77 pontos. A ajudar estiveram cotadas como a Apple, Alphabet e Microsoft.

 

O aumento acima do esperado, na semana passada, dos novos pedidos de subsídio de desemprego – e superior ao da semana anterior – penalizou o sentimento dos investidores, já que reforça os sinais de que a retoma do mercado laboral está a estagnar numa altura em que os EUA se debatem com uma nova vaga de infeções por covid-19.

 

O consenso de mercado estimava que as novas solicitações daquele apoio estatal na semana passada teriam ascendido a 730.000 – contra 742.000 na semana precedente. No entanto, o número foi de 778.000.

 

Esta é uma semana mais curta para os mercados norte-americanos, devido à pausa de quinta-feira para comemoração do Dia de Ação de Graças. Assim, as bolsas estão encerradas amanhã, para celebração do Thanksgiving, e no dia seguinte – Black Friday – vão negociar apenas durante meia sessão.

Ver comentários
Saber mais wall street dow jones s&p 500 Nasdaq bolsas EUA
Outras Notícias