Bolsa Banca ajuda Wall Street a regressar aos ganhos depois de vários dias acidentados

Banca ajuda Wall Street a regressar aos ganhos depois de vários dias acidentados

As bolsas norte-americanas abriram em alta, com o S&P 500 a recuperar de seis sessões em queda. A animar o sentimento dos investidores estão os resultados da banca, com o JPMorgan, Citigroup e Wells Fargo a negociarem com bons ganhos.
Banca ajuda Wall Street a regressar aos ganhos depois de vários dias acidentados
EPA
Carla Pedro 12 de outubro de 2018 às 14:40

O índice industrial Dow Jones segue a somar 1,32% para 25.382,79 pontos, depois de ter mergulhado mais de 1.300 pontos nas duas últimas sessões – mantendo-se, por isso, a caminho da terceira semana consecutiva de perdas.

 

Por sua vez, o Standard & Poor’s 500 avança 1,35% para 2.765,18 pontos, após seis sessões consecutivas no vermelho – a mais longa série de descidas desde Novembro de 2016, quando Donald Trump foi eleito presidente dos EUA.

 

Já o tecnológico Nasdaq Composite valoriza 2,04% para 7.478,94 pontos, depois de ter perdido mais de 6% em duas sessões.

 

O JPMorgan Chase sobe mais de 1% e está a ajudar ao optimismo dos investidores neste dia de arranque da divulgação de resultados trimestrais da banca norte-americana.

 

O banco reportou um aumento de perto de 25% nos lucros do terceiro trimestre, à conta da subida das taxas de juro e do aumento da concessão de crédito – o que compensou a debilidade das receitas provenientes da negociação de obrigações.

 

Já o Citigroup avança 2,7% depois de também anunciar que os seus lucros ficaram acima das expectativas, sobretudo devido aos bons resultados no mercado da dívida e na banca comercial no México.

 

Por sua vez, o Wells Fargo avança 2,1%, apesar de as suas contas trimestrais terem ficado aquém das estimativas dos analistas.

 

Os investidores aguardam com expectativa os resultados da banca para terem um quadro mais claro sobre o impacto nos seus lucros que está a ter a guerra comercial entre os EUA e a China.




pub