Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banca impulsiona BVLP no fecho; Semapa trepa 11% (act)

A Bolsa nacional encerrou a última sessão deste ano a ganhar, com as subidas a serem lideradas pelos títulos do sector bancário e pela Semapa, que avançou 11,01%. O PSI20 e o PSI30 valorizaram ambos 0,65%.

Bárbara Leite 28 de Dezembro de 2001 às 17:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional encerrou a última sessão deste ano a ganhar, com as subidas a serem lideradas pelos títulos do sector bancário e pela Semapa, que avançou 11,01%. O PSI20 e o PSI30 valorizaram ambos 0,65%.

O índice que agrega as 20 empresas com maior peso na Bolsa nacional, o PSI20 [PSI20], terminou a sessão e o ano nos 7.831,49 pontos, enquanto o PSI30 fechou nos 3.745,35 pontos.

A Bolsa nacional foi animada na última sessão bolsista do ano pelos habituais «arranjos de carteira», tendo a Semapa [SEMA], cimenteira liderada por Queiróz Pereira, encerrado a cotar nos 4,74 euros (950 escudos) com uma valorização de 11,01% face à sessão anterior, levando a que a empresa a consolidar os ganhos obtidos este ano em Bolsa.

Esta subida foi também acompanhada pelo sector bancário embora com fraca liquidez, à excepção do Banco Comercial Portugal (BCP) [BCP], que no último minuto da sessão transaccionou cerca de um milhão de acções.

A instituição financeira liderada por Jardim Gonçalves encerrou a sessão de hoje a cotar nos 4,55 euros (912 escudos) com uma subida de 1,34% face à sessão de ontem.

O Banco Espírito Santo (BES) [BESNN] fechou a sessão nos 14,47 euros (2.900 escudos), a valorizar 1,83%, sendo que na próxima segunda-feira a instituição vai reunir em assembleia geral (AG) para votar um aumento de capital.

Na sessão de hoje, a ParaRede [PARA] e a Sonae Indústria [SONA] transaccionaram volumes de acções acima da média, tendo a subsidiária da Sonae SGPS [SON] negociado 1,35% do seu capital em Bolsa, com uma valorização de 0,61% para os 4,98 euros (998 escudos).

A ParaRede [PARA], hoje alvo de tomada de mais-valias, encerrou a cair 5,56% para os 0,68 euros (136 escudos).

A Cimpor [CIMP] cresceu 1,55% para os 19,70 euros (3.949 escudos), depois da Holcim ter financiado uma parceira a adquirir 9,5% do capital da cimenteira nacional, ficando assim sob seu controlo mais de 19% do capital da Cimpor.

A construtora civil Teixeira Duarte terminou a sessão com ganhos de 2,56% cotando nos 1,20 euros (241 escudos).

No universo Portugal Telecom, só a empresa-mãe terminou a sessão com valorizações, após ter anunciado a alienação de acções próprias à subsidiária PT Comunicações, relativas à contribuição para o Fundo de Pensões dos trabalhadores.

A PT [PLTM] fechou nos 8,75 euros (1.754 escudos) a subir 0,23%, a PT Multimedia [PTM] desceu 4,88% para os 7,80 euros (1.564 escudos), enquanto a PTM.com [PTD] caiu 1,58% para os 1,87 euros (375 escudos).

Mais lidas
Outras Notícias