Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bancos pressionam Dow Jones para queda de 0,49% (act.)

As Bolsas americanas negociavam em queda, com o Dow Jones a ceder 0,49%, pressionado pelas acções da JP Morgan e Citigroup, cuja recomendação foi revista em baixa pela Lehman Brothers. O Nasdaq retrocedia 0,61%, pressionado pela Cisco Systems.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 05 de Agosto de 2002 às 14:42
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas americanas negociavam em queda, com o Dow Jones a ceder 0,49%, pressionado pelas acções da JP Morgan e Citigroup, cuja recomendação foi revista em baixa pela Lehman Brothers. O Nasdaq retrocedia 0,61%, pressionado pela Cisco Systems.

O Nasdaq [CCMP] marcava 1.240,27 pontos, e o Dow Jones [INDU] escorregava até aos 8.272,01 pontos.

As acções do JP Morgan caíam 3,52% para os 23,01 dólares (23,36 euros), e os títulos do Citigroup recuavam 2,65% para os 30,36 dólares (30,82 euros). A Lehman Brothers desceu a recomendação para ambas as instituições de «strong buy» para «equal weight».

A mesma casa de investimento desceu igualmente a sua recomendação para as acções da Cisco Systems, estando os papéis da empresa a resvalarem 2,44% para os 11,60 dólares (11,77 euros). A Cisco apresentará as suas contas trimestrais amanhã, após o fecho do mercado.

A Procter & Gamble, que integra o Dow Jones Industrial Average (DJIA), regredia 1,11% para os 88,84 dólares (90,20 euros). A empresa anunciou que registou lucros de 910 milhões de dólares (924 milhões de euros) no quarto trimestre fiscal, depois de ter verificado prejuízos no período homólogo anterior.

No sector dos semicondutores, a Intel recuava 0,89% para os 16,58 dólares (16,83 euros) e a rival Advanced Micro Devices (AMD) valorizava 7,9% para os 7,88 dólares (8 euros).

As acções da AMD beneficiavam da notícia do fim-de-semana, publicada no jornal «Barrons» de que a nova linha de processadores da empresa, o Hammer, poderia ser o novo catalisador das acções.

Mais lidas
Outras Notícias