Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Banif avança com aumento de capital social sem esperar pelo aval de Bruxelas

O presidente da Comissão Executiva do Banif, Jorge Tomé, confirmou hoje que a instituição vai avançar com um aumento de capital social sem aguardar pelo aval de Bruxelas ao seu plano de reestruturação.

Lusa 24 de Outubro de 2013 às 20:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 13
  • ...

"O aumento do capital tem sido feito por tranches. Este ano, o banco já levantou 300 milhões de euros depois do quadro estabelecido com a Direcção-Geral de Concorrência relativamente às linhas estratégicas para o futuro", declarou Jorge Tomé aos jornalistas, em Ponta Delgada, à margem do evento Invest Day, promovido pelo Banif.

 

A Imprensa noticiou esta semana que até ao início de Novembro, o Banif deverá avançar com a última etapa do reforço de capital iniciado este ano, mesmo sem o aval de Bruxelas ao seu plano de reestruturação.

 

Jorge Tomé sublinha que "é verdade" que o plano de reestruturação "ainda não está aprovado", mas as linhas fundamentais estão "trabalhadas" com a Direcção-Geral de Concorrência.

 

"O que o Banif está a fazer é proceder à implementação da sua estratégia. Isso não é um obstáculo para que se avance para um aumento de capital. Já fizemos 312 milhões de euros e o objectivo é fazermos 450 milhões de euros", refere Jorge Tomé.

 

O presidente da Comissão Executiva do Banif considera que as medidas de Bruxelas, assentes em quatro "pilares fundamentais", fazem parte da "transformação do banco" e da "sua estratégia", estando a ser implementadas.

 

"É isso que estamos a fazer com o objectivo de transformar o banco num instituição financeira mais líquida e mais rentável. Esse é o objectivo", frisa o presidente da Comissão Executiva do Banif, que assegura que os Açores e Madeira estão "estabilizados" em matéria de balcões.

 

Ver comentários
Outras Notícias