Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP afunda 13% na terceira pior semana do ano para o PSI-20

A bolsa nacional acumulou uma das maiores perdas semanais do ano, à boleia das más prestações do BCP, da Mota-Engil e também da Galp Energia.

O Haitong Bank prevê um abrandamento das fusões e aquisições e das admissões em bolsa, provocado pela pandemia.
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 25 de Setembro de 2020 às 16:50
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...
O índice PSI-20 terminou a sessão desta sexta-feira a desvalorizar 1,33% para os 3.995,60 pontos, o que representa um mínimo desde maio deste ano. Com esta queda, o ciclo negativo alargou-se para o sétimo dia consecutivo - a maior "onda vermelha" desde novembro do ano passado. 

Na semana, a bolsa nacional desvalorizou mais de 6%, naquela que foi a terceira pior prestação deste ano. Todas as empresas perderam gás neste período.

Com 14 cotadas em queda, três a subir e uma a negociar de forma estável, a maior desvalorização do dia pertenceu ao BCP (-4,23%), que renovou mínimos históricos pelo terceiro dia seguido, ao cair abaixo do patamar dos 8 cêntimos por ação. Na semana, o banco liderado por Miguel Maya desvalorizou 12,68%, a segunda maior queda semanal, apenas superado pela Mota-Engil (-15,59%).

A construtora portuguesa perde há várias sessões e fechou o dia com uma perda de 2,19% para os 1,072 euros por ação.

A cair está também a Galp Energia (-2,20%), que acumulou um recuo semanal de 10,40%. Na semana, destacou-se pela negativa o setor da pasta e do papel, com a Altri a recuar 11,23% e a Navigator a perder 10,56%, graças às desvalorizações de mais de 2% registadas hoje.

Ainda assim, o CaixaBank BPI publicou hoje uma nota de "research" onde dava conta que a Altri era a empresa mais atrativa do setor, na Península Ibérica, para beneficiar com a posterior recuperação de um setor penalizado nos últimos meses pela descida dos preços da matéria-prima.

Em contraciclo, estão os CTT, que sobem 0,21% para os 2,385 euros. 
Ver comentários
Saber mais BCP economia negócios e finanças Altri mercado e câmbios macroeconomia
Outras Notícias