Bolsa BCP e energia ditam perdas do PSI-20

BCP e energia ditam perdas do PSI-20

A bolsa nacional acompanha a tendência negativa das congéneres europeias, penalizada pelas descidas do BCP, grupo EDP e Galp Energia.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 24 de abril de 2019 às 08:21

A bolsa nacional está a negociar em queda esta quarta-feira, 24 de abril, com o PSI-20 a deslizar 0,15% para 5.365,11 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, oito estão em queda, oito em alta e duas inalteradas.

Apesar dos novos recordes em Wall Street na sessão de ontem, os principais índices europeus seguem em baixa ligeira esta manhã, a corrigir parte dos ganhos recentes, numa altura em que os investidores continuam atentos aos resultados das empresas relativos ao primeiro trimestre do ano.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, está assim a interromper um ciclo de oito sessões de ganhos – o mais longo em um ano e meio.

Em Lisboa, o BCP e as cotadas da energia são as que mais penalizam o PSI-20.O banco liderado por Miguel Maya recua 0,28% para 24,79 cêntimos, a EDP Renováveis perde 0,11% para 8,69 euros e a EDP desvaloriza 0,35% para 3,41 euros, no dia em que deverá cair por terra a OPA da China Three Gorges.  Isto porque deverá ser chumbada a desblindagem de votos na assembleia-geral que arranca às 15 horas desta quarta-feira, um ponto considerado fulcral pela China Three Gorges (CTG) para avançar com a oferta.

Ainda na energia, a Galp perde 0,27% para 14,925 euros, acompanhando a descida do preço do petróleo nos mercados internacionais. Depois de três sessões de ganhos, que levaram a matéria-prima para máximos de quase seis meses, o Brent está a perder 0,54% para 74,11 dólares.

A contribuir para a desvalorização do PSI-20 está ainda a Jerónimo Martins, que recua 0,61% para 13,755 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI