Bolsa BCP e Galp Energia sobem quase 1% e puxam por Lisboa

BCP e Galp Energia sobem quase 1% e puxam por Lisboa

O índice de referência nacional abriu a sessão no verde, em linha com o resto da Europa. O otimismo em torno de um possível acordo comercial entre EUA e China continua a animar as praças do Velho Continente,
A carregar o vídeo ...
Rita Atalaia 12 de fevereiro de 2019 às 08:08

Mais um dia de ganhos para a bolsa nacional. O índice abriu a sessão no verde, à boleia dos ganhos de quase 1% do BCP e da Galp Energia e em linha com o sentimento do resto da Europa.

O PSI-20 abriu em alta de 0,65% para 5.126,92 pontos. Das 18 cotadas que compõem o índice de referência nacional, 13 estão a subir, duas a recuar e duas seguem inalteradas. "A bolsa portuguesa deverá seguir a tendência dos pares europeus", referem os analistas do BPI, no Diário de Bolsa. 

Na Europa, o dia também deve ser de ganhos, beneficiando do otimismo dos investidores em torno de um possível acordo comercial entre os EUA e China. Esta segunda-feira arrancou a última ronda de negociações comerciais entre os dois países. Na quinta-feira e na sexta-feira as discussões sobem de nível com a presença do secretário do Tesouro, Steve Mnuchin, e do vice-primeiro-ministro chinês, Liu He. 

O facto de os deputados norte-americanos terem chegado a um acordo de princípio para evitar outro encerramento parcial do governo dos EUA - mas que exclui o financiamento que Donald Trump está a pedir para a construção de um muro na fronteira com o México - também está a animar as bolsas.

Por cá, o BCP está a subir 0,95% para 23,4 cêntimos e a puxar pela bolsa nacional. Também a Galp Energia contribui para o desempenho positivo do PSI-20, somando 0,96% para 13,715 euros. 

A Navigator, que apresenta resultados após o fecho da sessão, está a valorizar 1,63% para 4,25 euros.


Destaque ainda para os ganhos da EDP. A energética está a avançar 0,82% para 3,184 euros, enquanto a subsidiária EDP Renováveis recua 0,38% para 7,805 euros e contraria a tendência de subida. 

No retalho, a Jerónimo Martins está a acelerar 0,62% para 13,03 euros. No setor do papel, a Navigator sobe 1,15% para 4,23 euros, a Semapa avança 0,40% para 15 euros e a Altri ganha 0,55% para 7,34 euros.

(Notícia atualizada às 08:13 com mais informação)




Marketing Automation certified by E-GOI