Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP e BES caem mais de 1% e determinam queda da bolsa (act.)

A bolsa nacional encerrou em queda, penalizada pelas descidas superiores a 1% do BCP e do BES, num dia em que o sector financeiro esteve sob pressão um pouco por toda a Europa. O PSI-20 desceu 0,78%, acompanhando assim a tendência de perdas registada pelos congéneres europeus.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Agosto de 2009 às 16:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • 14
  • ...
A bolsa nacional encerrou em queda, penalizada pelas descidas superiores a 1% do BCP e do BES, num dia em que o sector financeiro esteve sob pressão um pouco por toda a Europa. O PSI-20 desceu 0,78%, acompanhando assim a tendência de perdas registada pelos congéneres europeus.

O PSI-20 recuou para os 7.827,01 pontos, com 15 acções em queda e cinco a subir. Os principais congéneres europeus também fecharam a desvalorizar, numa altura em que os receios de que a recuperação económica seja lenta estão penalizam a negociação bolsista.

Na bolsa nacional foi a banca que mais penalizou a negociação. O BCP recuou 1,78% para 0,885 euros, o BES caiu 1,40% para 4,50 euros e o BPI cedeu 0,91% para 2,075 euros.

A travar maiores perdas esteve a EDP ao subir 0,87% para 2,998 euros, um ganho insuficiente para conseguir travar a desvalorização da bolsa nacional.

No restante sector de energia, a EDP Renováveis caiu 1,19% para 7,05 euros. A Galp Energia desvalorizou 0,67% para 7,226 euros, num dia em que os preços do petróleo voltaram a cair mais de 1% e a negociar em tornos dos 70 dólares por barril.

A Cimpor, que apresentou resultados ontem já depois do fecho do mercado, recuou 0,29% para 5,176 euros. No conjunto dos primeiros seis meses do ano, a cimenteira obteve resultados líquidos de 107,1 milhões de euros, idênticos aos apresentados no primeiro semestre de 2008. Já no segundo trimestre os lucros subiram 12,8%. Numa nota de análise, o Millennium bcp reviu em baixa o preço-alvo para as acções da Cimpor para os 6,25 euros.

Quem também apresentou resultados ontem foi a Altri, tendo revelado que registou um prejuízo de 12,07 milhões de euros no primeiro semestre, um valor que compara com um lucro de 8,8 milhões em igual período do ano passado, mas ficou acima das estimativas dos analistas. As acções da empresa liderada por Paulo Fernandes desceram 1,63% para os 3,207 euros.

Esta tarde serão ainda revelados os resultados do primeiro semestre da Cofina e da Martifer.

As acções da empresa de media, que detém publicações como o Jornal de Negócios, fecharam a cair 1,10% para 0,90 euros. Os analistas consultados pela Lusa prevêem que a Cofina tenha registado um lucro de 5,2 milhões de euros no semestre.

Os títulos da Martifer fecharam a recuar 0,56% para os 3,58 euros.

Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal



Ver comentários
Outras Notícias