Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCP e BES levam PSI-20 a renovar máximos de 2000

A bolsa nacional seguia a negociar em "terreno" positivo, com o PSI-20 a subir 0,27% e a contrariar a tendência das restantes praças europeias, tendo atingido o valor mais elevado dos últimos sete anos. A suportar os ganhos de Lisboa estão o BCP e o BES,

Paulo Moutinho 07 de Maio de 2007 às 10:14
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional seguia a negociar em "terreno" positivo, com o PSI-20 a subir 0,27% e a contrariar a tendência das restantes praças europeias, tendo atingido o valor mais elevado dos últimos sete anos. A suportar os ganhos de Lisboa estão o BCP e o BES, numa sessão em que a EDP recua.

O principal índice da bolsa portuguesa [psi20] avançava para 12.326,88 pontos, tendo tocado no valor mais elevado desde Julho de 2000, nos 12.358,20 pontos, com seis títulos a subir, nove em queda e cinco inalterados. Com esta subida ligeira, a bolsa de Lisboa contraria as perdas europeias, que estão a ser penalizadas pela descida dos títulos das petrolíferas.

O Banco Espírito Santo (BES) [besnn] é o título que mais se destaca na negociação de hoje. As acções do banco liderado por Ricardo Salgado subiam 1,26% para 16,05 euros, mantendo a tendência ascendente da semana passada, impulsionadas, hoje, pela revisão em alta do seu "target" por parte do ING para 18 euros.

Nos restantes títulos da banca, o BPI [bpin] seguia estável nos 6,23 euros, enquanto o BCP [bcp] avançava 0,98% para cotar nos 3,10 euros, com o mercado a reagir à confirmação de que a OPA de Paulo Teixeira Pinto sobre o Banco BPI fracassou.

Além do BES e do BCP, para a valorização do índice principal está também a contribuir a subida das acções da Sonae SGPS [son] que avançavam 0,5% para 2,02 euros, tendo subido já mais de 1% na sessão, a beneficiar da revisão em alta do seu preço-alvo para 2,50 euros por parte da Lisbon Brokers.

Em alta seguiam igualmente a Mota-Engil [egl], que avançava 0,16% para 6,26 euros, e a Portucel [ptcl] que registava uma valorização de 0,7% para 2,87 euros por acção. O outro título do sector da pasta e papel, a Altri [altr] somava 0,64% para 6,30 euros.

A Galp Energia [galp pl] aproxima-se novamente da fasquia dos 8,00 euros. As acções da petrolífera nacional avançavam 0,38% para 7,99 euros, enquanto a Energias de Portugal [edp] seguia em queda de 0,25% para 4,00 euros, impedindo assim maiores ganhos da praça nacional.

Fora do PSI-20, destaque para a Inapa [ina] que ganhava 0,855 para 2,37 euros em dia de apresentação de resultados. O Banif [banin] subia 1,18% para 6,00 euros, já a Soares da Costa [sco] avançava mais de 2% para cotar nos 1,43 euros.

Outras Notícias