Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES e BCP sobem mais de 1% e impulsionam bolsa nacional

A bolsa nacional está a subir 0,51%, a ser impulsionada essencialmente pelos ganhos de mais de 1% do BCP e do BES. As principais praças europeias negoceiam em alta de cerca de 0,5%.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 12 de Março de 2010 às 10:37
  • Partilhar artigo
  • ...
A bolsa nacional está a subir 0,51% e é impulsionada essencialmente pelos ganhos de mais de 1% do BCP e do BES. As principais praças europeias negoceiam em alta de cerca de 0,5%.

O índice principal (PSI-20) negoceia nos 8.012,34 pontos, com 14 cotadas a subir, cinco a descer e uma a negociar inalterada. O Stoxx 600 aprecia 0,6% e prepara-se para registar uma segunda semana consecutiva de ganhos e acumula uma valorização de 5,4% no período.

Por cá, os títulos da banca são os que mais impulsionam, com o BCP a valorizar 1,00% para 0,809 euros e os do BES a ganharem 1,25% para 4,117 euros. O BPI aprecia 0,77%para 1,967 euros. Os bancos nacionais seguem a tendência do sector na Europa, onde Stoxx 600 para a banca sobe 1,5%.

Também a contribui para os ganhos está a Portugal Telecom, que sobe 0,43% para 8,75 euros, depois de o Bank of America ter aumentado o seu preço-alvo, para a operadora, para 8,75 euros de 8,5 euros. A recomendação é de “comprar”.

A operadora Sonaecom aprecia 0,29% para 1,715 euros e a Zon Multimédia avança 0,79% para 3,83 euros.

Pela negativa destaca-se a EDP, que deprecia 0,73% para 2,864 euros, enquanto a sua participada EDP Renováveis desvaloriza 1,25% para 5,836 euros. Já a REN, que gere a rede eléctrica nacional, aprecia 0,13% para 2,994 euros.

A ganhar mais de 1%, está também a Cimpor, que valoriza 1,15% para 5,715 euros e a Mota-Engil, que aprecia 1,64% para 3,466 euros. A cotada liderada por Jorge Coelho vai apresentar resultados na segunda-feira e disse ontem que pretende atingir receitas de 120 milhões de euros em Cabo Verde, no espaço de três anos.

A Teixeira Duarte sobe 5,43% para 0,97 euros, depois de ter apresentado resultados ontem, que passaram de prejuízos para lucros 116 milhões de euros, a beneficiar da valorização das acções do BCP e da Cimpor durante o ano passado, empresas a que tem uma elevada exposição.

Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal



Ver comentários
Outras Notícias