Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES e Jerónimo Martins lideram ganhos na bolsa nacional

A bolsa nacional aprecia 0,31% para 8.084,65 pontos, com o Banco Espírito Santo e a Jerónimo Martins a serem as cotadas que mais impulsionam, num dia em que as principais praças europeias negoceiam em terreno positivo.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 10 de Dezembro de 2009 às 09:53
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A bolsa nacional aprecia 0,31% para 8.084,65 pontos, com o Banco Espírito Santo e a Jerónimo Martins a serem as cotadas que mais impulsionam, num dia em que as principais praças europeias negoceiam em terreno positivo.

Após três sessões em queda, o índice principal (PSI-20) negoceia nos 8.084,65 pontos, com 15 cotadas a subir, três a descer e duas a negociarem inalteradas. O índice de referência para a Europa, Dow Jones Stoxx 600, sobe 0,6% com os bancos gregos a subirem, segundo avança a Bloomberg.

Por cá, o BES lidera os ganhos do principal índice nacional, ao valorizar 0,92% para 4,39 euros e o BPI aprecia 0,81% para 2,107 euros. O BCP negoceia inalterada nos 0,812 euros, depois de ontem os três bancos cotados terem sofrido perdas de cerca de 4%, devido aos receios com cortes no "rating" da dívida pública de Grécia, Espanha e Portugal.

A Jerónimo Martins também é das que mais impulsiona, ao avançar 1,17% para 6,747 euros.

Os sectores de pasta e papel e o da construção também negoceiam em alta superior a 1%. A Semapa avança 1,32% para 7,548 euros e a Portucel ganha 1,66% para 1,90 euros, enquanto a Altri aprecia 0,86% para 3,732 euros.

A Mota-Engil valoriza 1,10% para 3,578 euros e a Teixeira Duarte avança 1,43% para 0,995 euros. A Soares da Costa, que negoceia no PSI-Geral, 0,83% para 1,19 euros.

Pela negativa, destaca-se hoje o sector energético, com a EDP a descer 0,29% para 3,07 euros e a EDP Renováveis a perder 0,63% para 6,268 euros. A REN, que gere a rede eléctrica nacional, valoriza 0,07% para 2,935 euros, enquanto a petrolífera Galp Energia negoceia inalterada nos 11,62 euros.

Entre as cotadas do grupo Sonae, a Sonae SGPS progride 0,12% para 0,868 euros e a Sonae Indústria avança 0,41% para 2,462 euros, tendo chegado a subir mais de 3%, na sessão de hoje.

A Sonaecom é a única cotada do sector de telecomunicações a perder terreno, ao depreciar 0,17% para 1,79 euros, enquanto a Zon Multimédia ganha 0,46% para 4,185 euros e a Portugal Telecom sobe 0,20% para 8,167 euros.

O Caixa BI reiniciou hoje a cobertura dos títulos da Portugal Telecom com uma preço-alvo de 9,60 euros e uma recomendação de “acumular”. Para a casa de investimento, o Brasil, através da sua participada Vivo, continuará a ser o grande motor de crescimento da companhia.

Ver comentários
Outras Notícias