Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BES perde quase 4% e pressiona PSI-20

Bolsa nacional cai mais de 1% pressionado pela banca e pelo sector energético. Congéneres europeias também estão no vermelho.

Rita Faria afaria@negocios.pt 30 de Setembro de 2013 às 13:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

A bolsa nacional acompanha a tendência negativa dos restantes índices do velho continente, com os investidores receosos com o impasse orçamental nos Estados Unidos.

 

O PSI-20 perde 1,18% para os 5.929,84 pontos, com 17 cotadas em queda, uma a subir, e duas a negociar inalteradas.

 

A pressionar a praça portuguesa está sobretudo o sector energético e a banca, com destaque para o BES, que derrapa 3,58% para os 0,78 euros por acção. O BPI perde 2,13% para os 0,921 euros, e o BCP cai 1,05% para negociar nos 0,094 euros por acção.

 

No sector da energia, o sinal também é vermelho. A EDP perde 1,03% para os 2,686 euros, enquanto a Galp Energia desliza 1,05% para cada acção valer 12,24 euros. Já a EDP Renováveis desvaloriza 1,42% para os 3,824 euros.

 

A contribuir para a tendência está também a Jerónimo Martins, que cai 0,55% para os 15,30 euros, e a Sonae, que perde 2,15% para os 0,911 euros.

 

A única cotada com sinal positivo é a Zon, que ganha 0,25% para cada acção valer 4,38 euros.

 

Os investidores estão receosos com a ideia de que parte da administração central norte-americana feche no final desta segunda-feira, caso não haja acordo no Congresso norte-americano. A acontecer, será a primeira vez que tal ocorre desde 1996, há 17 anos.

 

A ausência de um acordo que impeça a primeira paralisação operacional dos EUA poderá fazer com que milhares de trabalhadores do governo federal sejam colocados numa licença em que não serão pagos, e com que os serviços de vários organismos sejam encerrados.

Ver comentários
Saber mais bolsa banca BES PSI-20 energia
Outras Notícias