Bolsa BofA: Posições de capital dos bancos europeus não estão ameaçadas

BofA: Posições de capital dos bancos europeus não estão ameaçadas

Os analistas do BofA acreditam que há potencial nos bancos europeus e defendem que as posições de capital do sector não estão ameaçadas, apesar do impacto negativo da instabilidade nos mercados nos seus resultados.
BofA: Posições de capital dos bancos europeus não estão ameaçadas
Bloomberg
Patrícia Abreu 15 de fevereiro de 2016 às 11:35

Os bancos europeus têm estado debaixo de fogo nos mercados. Os receios em relação à rentabilidade das instituições e os riscos das suas exposições ao sector da energia aceleraram quedas expressivas, mas apesar desta instabilidade, as suas posições de capital não estão ameaçadas, defende o Bank of America Merrill Lynch (BofA).


Os estrategas do BofA estão optimistas para os títulos da banca. Destacam que os bancos europeus permanecem muito distantes dos mínimos de 2011, com um valor contabilístico de 0,6 vezes, adianta uma nota de investimento citada pela Bloomberg.


O banco de investimento norte-americano diz que há potencial de subida nos activos de risco, caso os indicadores económicos não apontem no sentido de uma recessão nos Estados Unidos.


Esta nota surge depois dos títulos da banca europeia terem estado sob forte pressão na última semana, depois de o Deutsche Bank ter sido obrigado a adiantar que vai comprar títulos de dívida do banco para acalmar os receios dos investidores e vários bancos terem apresentado resultados desapontantes.


Banca recupera


À semelhança da última sessão, o sector bancário europeu está novamente a negociar com fortes valorizações, com os títulos a liderarem as subidas na Europa. O conjunto de resultados sólidos do Commerzbank na sexta-feira, 12 de Fevereiro, associado aos menores receios em torno do Deutsche Bank estão a impulsionar os títulos do sector.


Ainda assim, depois da escalada dos bancos alemães na sessão anterior, são os bancos gregos italianos que se destacam nos ganhos. Os helénicos Eurobank Ergasias e o Alpha Bank sobem 28,4% e 18,9%, respectivamente, num dia em que o índice grego dispara 9%.


Os bancos nacionais também estão a acompanhar o sentimento positivo. O BCP sobe 2,15% para 0,033 euros, enquanto o BPI ganha 5,14% para 1,003 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI