Bolsa Bolsa nacional em queda pressionada pela PT e BPI

Bolsa nacional em queda pressionada pela PT e BPI

As principais praças europeias também negoceiam em queda, com a bolsa de Atenas a afundar mais de 4%. As cotadas gregas lideram as perdas na Europa, com o sector da banca à cabeça.
Bolsa nacional em queda pressionada pela PT e BPI
Miguel Baltazar/Negócios
André Cabrita-Mendes 27 de janeiro de 2015 às 10:37

A bolsa de Lisboa está a recuar 0,39% para 5.339,22 pontos na sessão desta terça-feira, 27 de Janeiro, com 11 cotadas em queda, cinco em alta e duas inalteradas.

 

As restantes praças europeias também seguem em queda, com a bolsa de Atenas à cabeça ao perder 4,61%. Segue-se Paris (-0,60%) Madrid (-0,59%), Frankfurt (-0,50%) e Londres (-0,19%).

 

A praça helénica está a ser pressionada pelas cotadas de banca, que lideram as quedas na Europa: National Bank of Greece (-14,96%), Eurobank (-10,32%), Piraeus e Alpha Bank (ambas recuam 8,50%).

 

A Portugal Telecom lidera as descidas e perde 3,03% para 79,9 cêntimos. Hoje ficou a saber-se que a empresa pode vir a incorrer numa coima de 25 mil euros a cinco milhões de euros pelo regulador de mercado.

 

Isto pode vir a acontecer se a CMVM concluir que a empresa não prestou informações "completas, verídicas, actuais, claras, objectivas e lícitas" em relação à dívida do Grupo Espírito Santo (GES) contraída pela empresa. A CMVM está actualmente a analisar o processo e relatório da consultora PwC admite que a companhia pode vir a incorrer numa contra-ordenação muito grave.

 

O BPI está a recuar 2,13% para 92,1 cêntimos. Segundo uma análise divulgada hoje pelo CaixaBI, o BPI deverá apresentar um prejuízo de 83,1 milhões de euros nas suas contas de 2014. No ano anterior, fechou as contas com um lucro de 66,8 milhões de euros.

 

Relativamente ao último trimestre, o BPI obteve um lucro de 31,2 milhões de euros, segundo a estimativa do CaixaBI. O BPI apresenta as suas contas anuais esta quinta-feira, 29 de Janeiro.

Já o BCP perde 0,57% para 7,02 cêntimos, enquanto o Banif permanece inalterado.

 

Na energia, duas cotadas negoceiam em terreno positivo. A REN ganha 0,39% para 2,599 euros e a EDP sobe 0,11% para 3,557 euros.

 

Em sentido contrário, segue a EDP Renováveis – recua 1,50% para 6,097 euros – e a Galp – perde 0,71% para 9,558 euros.

 

Em alta também está a Altri - mais 0,88% para 3,099 euros -, a Sonae - mais 0,76% para 1,191 euros - e os CTT - avançam 0,71% para 9,185 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI