Bolsa Bolsa nacional regressa às quedas

Bolsa nacional regressa às quedas

A bolsa nacional segue em queda, acompanhando a tendência das congéneres europeias, num dia em que as atenções estão focadas na reunião do BCE.
Bolsa nacional regressa às quedas
Miguel Baltazar/Negócios
Sara Antunes 07 de março de 2019 às 09:16
A bolsa nacional iniciou o dia com ganhos ligeiros, mas já inverteu a tendência e acompanha a queda verificada nas congéneres europeias. O PSI-20 cai 0,27% para 5.283,25 pontos, com 13 cotadas a desvalorizar e cinco a subir. A bolsa nacional interrompe assim uma série de cinco sessões de ganhos, a maior desde o início do ano.

A condicionar a negociação continuam os receios sobre a evolução da economia mundial. Depois de a China ter reduzido as suas previsões para o crescimento económico - que a confirmar-se será o ritmo de expansão mais lento em três décadas - hoje será a vez de o Banco Central Europeu (BCE) atualizar as suas estimativas, prevendo-se uma revisão em baixa. Já ontem, a OCDE cortou as suas estimativas para o crescimento do produto interno bruto (PIB) da Zona Euro de 1,8% para 1% este ano. 

Este contexto, numa altura em que ainda há uma grande incerteza sobre as negociações comerciais entre EUA e China têm ditado algum pessimismo entre os investidores.

Na bolsa nacional, o BCP recua 0,69% para 0,2442 euros, numa altura em que o setor o papel também pressiona, com a Navigator a perder 1,12% para 4,4 euros, a Altri a recuar 0,79% para 7,50 euros e a Semapa a cair 0,39% para 15,52 euros. 

Do lado oposto está o grupo EDP, com a elétrica a subir 0,22% para 3,231 euros e a EDP Renováveis a avançar 0,24% para 8,42 euros. Ainda no setor da energia, a Galp está a recuar 0,37% para 14,865 euros.

A travar a queda da bolsa está ainda a Jerónimo Martins, ao apreciar 0,23% para 13,26 euros, assim como a Sonae SGPS, que sobe 0,15% para 0,972 euros.



Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI