Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa abre a subir com ganho superior a 1% da PT

A bolsa nacional abriu a valorizar, impulsionada essencialmente pela Portugal Telecom, que apreciava mais de 1% com a notícia de que a Telefónica ofereceu mais de três mil milhões de euros pela participação que a operadora portuguesa detém na Vivo. O PSI-

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 10 de Julho de 2007 às 08:08
  • Partilhar artigo
  • ...

A bolsa nacional abriu a valorizar, impulsionada essencialmente pela Portugal Telecom, que apreciava mais de 1% com a notícia de que a Telefónica ofereceu mais de três mil milhões de euros pela participação que a operadora portuguesa detém na Vivo. O PSI-20 subia 0,17% e acompanhava a tendência europeia.

O principal índice da bolsa nacional cotava nos 13.563,41 pontos com nove acções a subir, sete em queda e quatro inalteradas. Na Europa, as bolsas também iniciaram em terreno positivo.

Em Portugal, a maior operadora de telecomunicações do país [ptc] apreciava 1,08% para os 10,33 euros mas já chegou a valorizar um máximo de 1,27%. A Portugal Telecom está a beneficiar do facto da Telefónica ter avançado com uma proposta superior a 3 mil milhões de euros para comprar a participação de 50% que a empresa portuguesa detém a brasileira Vivo.

A PT Multimédia [ptm] perde 0,34% para os 11,77 euros.

A impulsionar estão ainda a Energias de Portugal [edp] e a Brisa [brisa] com subidas de 0,73% para os 4,16 euros e de 0,49% para os 10,30 euros, respectivamente.

As acções da Soares da Costa destacam-se, uma vez mais pela positiva, com uma subida de 1,52% para os 2,67 euros. Já ontem, a empresa disparou 6,48% para os 2,63 euros e tocaram um novo máximo histórico nos 2,67 euros depois do "Expresso" ter avançado que a Soares da Costa está a negociar a compra de 20% que a Teixeira Duarte tem na Scutvias e 60% da empresa de parques de estacionamento CPE.

A travar maiores ganhos está hoje a banca, com o banco Comercial Português [bcp] a perder 0,25% para os 3,99 euros e com o Banco Espírito Santo [besnn] a deslizar 0,46% para os 17,38 euros depois de ontem ter tocado um novo máximo histórico.

O Banco BPI [bpin] segue estável nos 6,70 euros.

A Galp [galp pl] também perde 0,55% para os 10,87 euros depois de ter registado fortes ganhos e renovado máximo histórico nas últimas sessões.

Ver comentários
Outras Notícias