Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa afunda mais de 4% na terceira pior sessão do ano

A bolsa nacional fechou a perder mais de 4%, numa altura em que os receios com o problema da Grécia se intensificaram, com os investidores preocupados com o contágio a outros países da Zona Euro. O PSI-20 desvalorizou 4,21% com 19 cotadas a depreciar mais de 2,50% naquela que foi a terceira pior sessão do ano. A Cimpor escapou e valorizou 1,71%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 04 de Maio de 2010 às 16:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...
A bolsa nacional fechou a perder mais de 4%, numa altura em que os receios com o problema da Grécia se intensificaram, com os investidores preocupados com o contágio a outros países da Zona Euro. O PSI-20 desvalorizou 4,21% com 19 cotadas a depreciar mais de 2,50% naquela que foi a terceira pior sessão do ano. A Cimpor escapou e valorizou 1,71%.

O principal índice da bolsa nacional (PSI-20) negociou nos 7.097,78 pontos com 19 cotadas em queda e uma a subir. O principal índice nacional seguiu assim a mesma tendência dos congéneres europeus, num dia em que os receios em relação à Grécia voltaram a pressionar. O principal índice grego FTSE/ASE afundou 7,35%, e o espanhol IBEX recua 5,28% para negociar abaixo dos 10 mil pontos.

Já os restantes índices europeus estão a registar quedas que vão desde os 2,48% (FTSE) e os 3,64% (Cac). A pressionar hoje os mercados está então o receio de contágio dos problemas gregos a outros países. Hoje a bolsa mais castigada a seguir à grega foi a espanhola, com os investidores de olhos postos no país vizinho.

E nem o facto de José Luís Zapatero ter afirmado que é uma "completa loucura" falar de um pedido de ajuda à UE, e mostrado confiança na capacidade do país em recuperar da actual crise, acalmou os receios.

Por cá, o sector da banca voltou a pressionar, bem como o energético. O PSI-20 viveu a terceira pior sessão do ano, só melhor que a queda registada na semana passada com o corte do "rating" e em Fevereiro.

O BCP recuou 6,19% para os 0,652 euros. O BES, que chegou a subir mais de 2% esta manhã devido aos resultados do primeiro trimestre apresentados ontem e que superaram as estimativas, desceu 4,57% para 3,34 euros. Já o BPI recuou 4,48% para 1,576 euros.

No sector energético, a Galp Energia cedeu 5,55% para 11,485 euros, numa altura em que os preços do petróleo estão a cair perto de 3% para 86,46 dólares por barril, em Londres.

Ainda no sector da energia, a EDP recuou 2,58% para 2,642 euros e a EDP Renováveis caiu 2,99% para 5,20 euros. A REN, que ontem apresentou os resultados do primeiro trimestre com os números a ficarem aquém do previsto, caiu 2,79% para 2,616 euros

A Portugal Telecom perdeu 3,28% para 7,399euros, a Zon recuou 4,69% para 3,251 euros e a Sonaecom caiu 5,10% para 1,248 euros.

A Jerónimo Martins deslizou 5,95% para os 7,35 euros. A Cimpor foi a única que escapou às quedas, com uma descida de 1,71% para 5,48 euros.


Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As
maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal




Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias