Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa cai mais de 1% em linha com o resto da Europa

A tendência de queda impera um pouco por toda a Europa, numa manhã marcada por quedas superiores a 1% na maioria as praças europeias. E Lisboa não é excepção, com o sector da energia a perder igualmente mais de 1%.

Reuters
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 09:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 18
  • ...

PSI-20 recua 1,13% para 5.238,03 pontos, com 15 cotadas em queda, duas em alta e uma inalterada, seguindo assim a recuar pela quarta sessão consecutiva. No resto da Europa o sentimento é idêntico, com os principais índices a descerem pelo segundo dia, depois de na semana passada terem subido para máximos de três meses. O Stoxx600, que agrega as 600 maiores cotadas europeias, cai 1,12% para 376,12 pontos. Os sectores que mais penalizam os índices bolsistas são os expostos a matérias-primas.

 

A determinar a queda da bolsa nacional está, sobretudo o sector da energia, com a Galp a perder 1,07% para 9,536 euros, a EDP a ceder 1,22% para 3,248 euros, a EDP Renováveis a cair 1,09% para 6,277 euros e a REN a depreciar 1,49% para 2,572 euros.

As únicas cotadas que contrariam a tendência é a Mota-Engil, ao subir 0,63% para 3,78 euros, depois da reunião de accionistas da Mota-Engil África ter aprovado a compra de acções e a saída da bolsa de Amesterdão.

 

A outra é a Semapa, que aprecia 0,70% para 12,89 euros, depois de ontem ter anunciado que vai propor aos accionistas pagar um dividendo de 0,75 euros, o que, à cotação actual corresponde a um dividend yield de 5,8%.

Os analistas do Haitong, que comprou o BESI, consideram que a notícia de distribuição de dividendo é positiva porque "mostra a robustez financeira" do grupo – sendo que a Portucel também anunciou o pagamento de dividendo. A Semapa apresentou mesmo "um dividendo acima das estimativas" dos analistas desta casa de investimento que apontavam para 50 cêntimos por acção.

 

De resto, não há mais cotadas em alta.

 

Na banca, o BCP recua 1% para 4,95 cêntimos e o BPI desce 1,70% para 1,10 euros. Já o Banif segue estável nos 0,24 cêntimos.


Em queda está também a Jerónimo Martins, ao perder 0,73% para 12,90 euros, bem como a Sonae SGPS, que deprecia 0,91% para 1,086 euros, depois de ontem ter revelado que  vai propor um dividendo de 0,0385 euros por acção aos seus accionistas.

Quem anunciou que vai propor pagar um dividendo de 0,1819 euros por acção, distribuído em duas tranches, foi a Portucel, cujas acções estão a cair 0,63% para 3,78 euros. 

Destaque ainda para a Impresa, que já tocou num novo mínimo de Abril de 2013, ao negociar nos 52,5 cêntimos.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 Euronext
Outras Notícias