Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa de Tóquio sofre maior queda diária dos últimos três meses

A Bolsa de Tóquio terminou a primeira sessão da semana em queda, com o Nikkei 225 a acumular uma desvalorização de 3,76%, ou seja, a maior dos últimos três meses. O sector da banca ajudou a empurrar o índice para novos mínimos de 1983.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 07 de Outubro de 2002 às 08:56
  • Partilhar artigo
  • ...
A Bolsa de Tóquio terminou a primeira sessão da semana em queda, com o Nikkei 225 a acumular uma desvalorização de 3,76%, ou seja, a maior dos últimos três meses. O sector da banca ajudou a empurrar o índice para novos mínimos de 1983.

O Nikkei 225 [NKY] marcava no fecho 8.688 pontos, depois de ter experimentado a maior descida dos três meses, que levou o índice para o valor mais baixo desde 16 de Junho de 1983.

O Topix acumulou uma desvalorização de 3,5% a cotar nos 860,47 pontos, ou seja, o valor mais baixo desde 28 de Novembro de 1984, com o sector da banca a pressionar o andamento do «benchmark».

As acções do UFJ afundaram 12% para os 192.000 ienes (1.588 euros), tendo perdido dois quintos do seu valor no decorrer das últimas quatro sessões.

O Mizuho Holdings desceu 7,8% a marcar 196.000 ienes (1.621 euros), elevando para 26% a queda acumulada no decorrer dos últimos cinco dias. Os papéis da Mitsubishi Tokyo Financial Group caíram 7,5% a marcarem no final 781.000 ienes (6.461 euros).

Outras Notícias