Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional abre alta impulsionada pela PT e BCP

O principal índice da praça de Lisboa iniciou a sessão em terreno positivo impulsionada sobretudo pelos títulos da PT SGPS e do BCP. No resto da Europa, o sentimento é para já de ganhos.

A carregar o vídeo ...
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 16 de Dezembro de 2014 às 08:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

 

O PSI-20 arrancou a sessão em terreno positivo, somando 0,22% para 4.701,74 pontos. Esta segunda-feira, 15 de Dezembro, o PSI-20 fechou a sessão a negociar em mínimos de Agosto de 2012 tendo caído 2,78% para 4.691,33 pontos, na sexta sessão em terreno negativo.

 

No resto da Europa, para já, o sentimento é também positivo. Um dos dados a que os investidores vão estar atentos esta terça-feira é a cotação do petróleo. O West Texas Intermediate recua 1,75% para 54,93 dólares por barril. E o Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações nacionais, está a descer 2,11% para 59,77 dólares por barril, o valor mais baixo desde o primeiro semestre de 2009. A pressionar a evolução da matéria-prima está a especulação que a produção norte-americana pode aumentar ainda mais. Isto numa altura em que os Estados Unidos estão a lutar com a OPEP por quota de mercado.

 

Por cá, em destaque estão os títulos da PT SGPS. A empresa soma 1,51% para 1,076 euros.

A Terra Peregrin de Isabel dos Santos quer capitalizar e dar músculo financeiro à endividada Oi para ter um melhor rácio de troca numa fusão e aquisição no Brasil, estando disposta a considerar um aumento de capital da brasileira e um IPO parcial da PT Portugal, de acordo com Mário Silva, administrador da empresa, em entrevista à Reuters. Quanto à PT Portugal, o futuro também poderá ser uma dispersão de parte do capital.

 

Esta terça-feira, o Negócios escreve que Isabel dos Santos seduz Oi com promessas de dinheiro. A empresária angolana, no prospecto de OPA à PT SGPS que entregou na CMVM, mostra abertura para participar em eventuais aumentos de capital da Oi e não se opõe a movimentos de consolidação no Brasil. A Nos cede 0,26% para 4,924 euros.

 

O BCP cresce 1,20% para 7,6 cêntimos e o BPI soma 0,24% para 1,25 euros. Já o Banif aprecia 1,56% para 0,65 cêntimos. Na última sexta-feira, dia 12 de Dezembro, foi comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) que o Banif vendeu o Banif Mais, unidade de crédito especializado, por 410 milhões de euros. A compradora foi a Cofidis que ajudou, assim, a reforçar os rácios de solidez do banco presidido por Jorge Tomé. Abre-se, também, caminho para o reembolso de mais ajuda estatal.

 

Na energia, a Galp Energia segue inalterada nos 8 euros, numa altura em que os preços do petróleo estão a cair. A EDP soma 0,61% para 3,115 euros e a EDP Renováveis cede 0,25% para 5,187  euros. 

Ver comentários
Saber mais bolsa Galp Energia banca PSI-20
Mais lidas
Outras Notícias