Bolsa Bolsa nacional abre em alta suportada por BCP e Galp

Bolsa nacional abre em alta suportada por BCP e Galp

A bolsa nacional arrancou a sessão a negociar em alta, à boleia dos títulos do BCP e da Galp Energia. E em linha com as restantes congéneres europeias.
A carregar o vídeo ...
Ana Laranjeiro 17 de maio de 2016 às 08:08

A bolsa de Lisboa arrancou a sessão desta terça-feira, 17 de Maio, em alta e a negociar em linha com as restantes congéneres europeias. O PSI-20 soma 0,39% para 4.876,08 pontos, com 12 cotadas em alta, duas em queda e quatro inalteradas.

Em destaque estão as acções do BCP e da Galp Energia. No sector financeiro, as acções do banco liderado por Nuno Amado somam 2,20% para 3,25 cêntimos. Já os títulos do BPI avançam 0,90% para 1,12 cêntimos. O Negócios noticia na edição desta terça-feira que a gestão do BPI está refém da OPA de 2015 e do caso de Angola. Há 14 meses, o BPI recusou uma OPA do CaixaBank por subavaliar o banco. Agora, os catalães oferecem menos, mas podem resolver o problema em Angola. A gestão responde ao dilema hoje.

No sector energético, as acções da Galp Energia somam 0,67% para 12,02 euros, numa altura em que preços do petróleo sobem nos mercados internacionais. O Brent do Mar do Norte, que serve de referência para as importações nacionais, cresce 0,84% para 49,38 dólares por barril.

A EDP valoriza 0,57% para 3,007 euros e a EDP Renováveis aprecia 0,12% para 6,63 euros. A REN, que ontem anunciou que ia avançar com uma operação de recompra de divida, soma 0,15% para 2,608 euros.

No retalho, a Jerónimo Martins sobe 0,55% para 13,805 euros. A Sonae avança 1,10% para 91,8 cêntimos.

A Nos desce 1,29% para 6,278 euros num dia em que as acções passam a negociar sem direito ao dividendo de 0,16 euros. O pagamento é realizado a partir de 19 de Maio.


(Notícia actualizada às 08:17)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI