Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa acelera ganhos para mais de 1% impulsionada pelo sector bancário e Jerónimo Martins

O PSI-20 segue em alta, a acentuar os ganhos desde o início da sessão desta segunda-feira. A praça lisboeta continua a acompanhar a tendência dos principais mercados europeus, beneficiando principalmente dos ganhos da banca e da Jerónimo Martins.

Inês Balreira inesbalreira@negocios.pt 22 de Abril de 2013 às 12:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O índice bolsista de Lisboa está a valorizar 1,22% para os 5.890,57 pontos, com nove cotadas em alta, sete inalteradas e quatro a cair.

 

A liderar os ganhos no mercado accionista nacional está a Jerónimo Martins, que segue a apreciar 3,15% para os 16,525 euros.

 

Segue-se a banca nacional, com o BCP a valorizar 4,21% para os 0,099 euros. O banco liderado por Nuno Amado segue a beneficiar da venda do Millennium Bank na Grécia ao Piraeus Bank por um milhão de euros. A venda da unidade grega foi confirmada esta segunda-feira pelo BCP. A instituição portuguesa vai também investir 400 milhões no comprador, mas venderá esta posição de forma faseada. O BCP terá direito a reaver os 900 milhões de liquidez que injectou na sua operação na Grécia.

 

Os ganhos no sector bancário estão a ser generalizados. O BES sobe 2,34% para 0,788 euros e o BPI aprecia 2,29% para 0,984 euros por título. Já o Banif valoriza 0,88% para 0,114 euros.

 

Ainda em terreno positivo está a Sonae SGPS, que aprecia 1,17% para os 0,691 euros.

 

Do lado das cotadas em terreno negativo, a Portucel cede 1,22% para os 2,665 euros. A contrariar a tendência positiva do PSI-20 está também a EDP Renováveis, que perde 0,27% para os 3,694 euros. A EDP segue inalterada nos 2,503 euros, tendo iniciado a sessão a valorizar, tocando mesmo no máximo de Outubro de 2011 ao transaccionar nos 2,519 euros.

 

Também a Novabase negoceia no vermelho, a ceder 1,19% para os 2,745 euros.

 

A tendência positiva que se faz sentir na bolsa de Lisboa é generalizada pelas principais praças europeias que seguem a negociar no verde. Os investidores parecem estar confiantes numa semana em que empresas como a Apple, Amazon, Exxon Móbil apresentam os resultados do primeiro trimestre de 2013.

 

A reeleição de Napolitano como presidente de Itália e a luz verde do G20 aos estímulos agressivos do Banco do Japão para estimular a economia estão também a beneficiar as bolsas europeias.

Ver comentários
Saber mais Bolsa PSI-20 BCP Jerónimo Martins
Outras Notícias