Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional acompanha queda das praças europeias

A bolsa nacional desce 0,46%, em linha com as principais praças europeias, com a Galp Energia e o BCP a liderarem as perdas.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 21 de Outubro de 2009 às 10:19
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
A bolsa nacional desce 0,46%, em linha com as principais praças europeias, com a Galp Energia e o BCP a liderarem as perdas.

O índice principal (PSI-20) desce 8.805,34 pontos, com três cotadas a subir, 16 a descer e uma a negociar inalterada. As principais praças europeias descem entre 0,07% (FTSE100) e 0,5% (CAC-40), depois do Deutsche Bank ter apresentado resultados que não agradaram os investidores.

Por cá, a Galp Energia é a cotada que mais pressiona, ao acompanhar a descida do petróleo que recua hoje de valores próximos de máximos do ano. A petrolífera nacional desce 1,08% para 12,395 euros.

Ainda no sector energético, a EDP Renováveis pressiona, ao recuar 0,70% para 6,964 euros. Já a casa-mãe EDP, contraria as descidas do sector e da praça portuguesa, ao avançar 0,13% para 3,105 euros, depois de ter anunciado a venda de uma participação de 7,4% na Sonaecom.

“Nós damos as boas-vindas” à noticia que dá conta da venda da participação da EDP na Sonaecom, “uma vez que representa mais um passo no desinvestimento em activos não estratégicos”, dizem, respectivamente, os analistas do ESER e do BPI, nos seus Iberian Daily de hoje.

O BCP também é dos que mais contribui para a descida do índice nacional, ao perder 1,04% para 1,05 euros, depois de os analistas do BPI terem afirmado que "ainda é cedo para comprar acções" do BCP.

O BPI reiniciou a cobertura das acções do BCP, avaliando-o em 1,10 euros. Um preço-alvo que confere ao maior banco privado nacional um potencial de subida limitado, pelo que a recomendação é de "manter". O banco de investimento sublinha que "ainda é cedo para comprar acções" do BCP.

O sector da banca inverteu os ganhos da abertura, com o BES a depreciar agora, 0,30% para 5,244 euros e o BPI a recuar 0,24% para 2,524 euros.

A Portugal Telecom deprecia 0,27%. A operadora comunicou hoje, à CMVM que o Meo, o seu serviço de televisão por subscrição, superou os 500 mil clientes.

A Sonaecom desce 0,44% para 2,02 euros. No comentário que emitiram à noticia da venda da participação da EDP na Sonaecom, os analistas do ESER e do Banif disseram que a notícia é positiva para a operadora, uma vez que aumenta o seu “free-float”, contribuindo para a liquidez das acções.

A Zon Multimédia segue a negociar quase inalterada, ao descer 0,08% para 4,75 euros.

Destaque ainda para a Teixeira Duarte, que desce 2,90% para 1,172 euros, com alguns investidores a realizarem mais-valias, depois das subidas que se seguiram à noticia que dava conta da descoberta de petróleo por parte de uma participada indirecta que a construtora portuguesa detém no Brasil.

Ver comentários
Outras Notícias