Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional cai arrastada pelo BCP e PT; PSI20 cede 0,44%

A Bolsa nacional seguia a perder arrastada pelas quedas da Portugal Telecom (PT) e do Banco Comercial Português (BCP), que seguia a tendência dos seus congéneres europeus. O PSI20 caía 0,44% e o PSI30 recuava 0,45%

Paulo Soares de Oliveira 25 de Março de 2002 às 13:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa nacional seguia a perder arrastada pelas quedas da Portugal Telecom (PT) e do Banco Comercial Português (BCP), que seguia a tendência dos seus congéneres europeus. O PSI20 caía 0,44% e o PSI30 recuava 0,45%.

O PSI20 marcava 7.813,73 pontos com 11 títulos a cair, cinco inalterados e quatro a subir. O PSI30 desvalorizava para os 3.703,58 pontos.

A Portugal Telecom [PTC] cotava nos 8,52 euros, a descer 0,93%, com menos de um milhão de acções negociadas, acompanhando algumas das suas congéneres europeias. A France Telecom derrapava 0,74%, enquanto a Telefónica caía 1,06%.

O sector da banca «seguia ligeiramente em baixa, em linha com a Europa» disse ao Negocios.pt Miguel Cruz, operador da CIP Brokers.

O BCP [BCP] cotava nos 4,11 euros, a descer 0,72% com mais de 1,3 milhões de títulos transaccionados. O Banco Bilbao Vizcaya Argentaria cedia 0,31%, enquanto o Santander Central Hispano escorregava 0,19%.

A instituição liderada por Jardim Gonçalves anunciou a integração da sua subsidiária BCPLeasing, que actua na área de crédito ao consumo, no Crédibanco, no âmbito do processo de racionalização de custos. O Banco Espírito Santo [BESNN] seguia a mesma tendência, ao deslizar 0,8% para os 12,08 euros. O BPI [BPIN] mantinhas-se inalterado nos 2,71 euros.

A Electricidade de Portugal [EDP] recuava 0,83% para os 2,38 euros, depois do BPI ter emitido uma nota em que mantém uma recomendação de «acumular» e um preço alvo de 3,46 euros a 12 meses para as acções da EDP, na sequência da apresentação das contas anuais e da estratégia para 2001.

A Brisa [ BRISA] subia 0,19% para os 5,31 euros.

A Jerónimo Martins [JMAR] trepava 1,16% para os 8,70 euros, ainda a beneficiar do facto de ter apresentado resultados em linha com o esperado e de não efectuar um aumento de capital para equilibrar o seu balanço. A Ibersecurities/ActivoBank, na sua nota diária, avaliou os activos da empresa liderada por Alexandre Soares dos Santos em cerca de 270 milhões de euros, considerando «surpreendente» que a distribuidora possa vir a alienar a sua cadeia brasileira Sé.

A Vodafone Telecel [TLE] regredia 0,12% para os 8,64 euros e a Impresa [IPR] recuava 0,91% para os 2,17 euros.

Outras Notícias