Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional cai pressionada pela EDP e Brisa

A bolsa nacional desvalorizava, acompanhando a tendência das congéneres europeias, pressionada pela EDP e pela Brisa. O PSI-20 descia 0,36% num dia em que a PT renova mínimos de 2003 e a Cimpor é alvo de uma passagem em bolsa de 15 milhões de acções.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 27 de Junho de 2005 às 10:14
  • Partilhar artigo
  • ...

A bolsa nacional desvalorizava, acompanhando a tendência das congéneres europeias, pressionada pela EDP e pela Brisa. O PSI-20 descia 0,36% num dia em que a PT renova mínimos de 2003 e a Cimpor é alvo de uma passagem em bolsa de 15 milhões de acções.

As praças europeias recuavam devido à subida do petróleo para valores acima dos 60 dólares, aumentando a preocupação com o impacto da subida do petróleo nas economias europeias e nas contas das empresas.

O PSI-20 [psi20] cedia 0,36% para os 7.473,42 pontos, com 10 quedas, três subidas e sete acções inalteradas.

A Energias de Portugal (EDP) [edp] depreciava 0,48% para os 2,09 euros e a Brisa [brisa] recuava 0,31% para os 6,38 euros.

A Portugal Telecom (PT) [ptc] desvalorizava pelo terceiro dia consecutivo e renovava o valor mínimo desde Dezembro de 2003 ao tocar nos7,73 euros, continuando a ser castigada pelas recomendações negativas de analistas. A PT Multimédia [ptm] contrariava a tendência e subia 0,47% para os 8,54 euros.

O Banco Comercial Português (BCP) [bcp] seguia inalterado nos 2,13 euros, enquanto o Banco BPI [bpin] e o Banco Espírito Santo (BES) [besnn] caíam 0,32% para os 3,14 euros e 0,23% para os 12,77 euros, respectivamente.

A Media Capital [mcp] contrariava e subia 0,31% para os 6,42 euros. A Impresa [ipr] depreciava 1,13% para os 5,24 euros e a Cofina [cofi] seguia inalterada nos 2,87 euros.

A Cimpor descia 0,22% para os 4,64 euros, numa altura em que segue com um volume elevado, perto do nível mais elevado desde Junho de 2004, com 15,05 milhões de títulos negociados, depois de ter sido alvo de uma passagem em bolsa de um bloco de 15 milhões de acções.

Outras Notícias