Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional contraria abertura em alta das praças europeias

O BCP, a Galp Energia e a Jerónimo Martins são os títulos que mais pressionam o PSI-20, numa sessão em que o Banif se destaca com uma queda acima de 40%.  

A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 14 de Dezembro de 2015 às 08:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

A bolsa nacional abriu em queda, contrariando a tendência de ganhos das principais praças europeias, que estão a recuperar parte do terreno perdido na última semana.

 

O PSI-20 perde 0,19% para 5.076,71 pontos, com dez cotadas no vermelho, sete em alta e uma inalterada.

 

O Banco Comercial Português, com uma queda de 1,67% para 0,0472 euros, é o título que mais pressiona a bolsa nacional, sendo que o BPI está em alta, com uma subida de 1,88% para 1,136 euros.

 

Apesar do peso muito diminuto no PSI-20, o Banif está também a pressionar o índice, já que as acções caem 42,86% para 0,8 cêntimos, com os investires a temerem uma resolução do banco. O ministério das Finanças anunciou esta madrugada que "decorre um processo de venda" da posição do Estado no banco e o Banif "desmentiu categoricamente" que esteja a ser preparada uma intervenção na instituição.

 

Ainda a pressionar o PSI-20 estão as acções da Jerónimo Martins (- 0,34% para 11,75 euros) e da Galp Energia (-0,28% para 9,712 euros).

 

Na Ásia, a sessão desta segunda-feira foi de perdas, com as principais praças a serem penalizadas pelos receios dos investidores em relação à turbulência nos mercados de crédito e de matérias-primas isto numa semana em que tem lugar a reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos.

 

Deste encontro poderá sair a decisão de subir as taxas de juro. A acontecer será a primeira subida desde 2006. 

Ver comentários
Saber mais Bolsa PSI-20 BPI Banif Banco Comercial Português Jerónimo Martins Galp Energia
Outras Notícias