Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional mantém ganhos com impulso das telecomunicações e EDP; PSI20 sobe 1,04%

A Euronext Lisbon seguia a ganhar com os títulos da Portugal Telecom (PT), Electricidade de Portugal e Banco Comercial Português a impulsionarem o índice. O PSI20 registava uma valorização de 1,04%.

Negócios negocios@negocios.pt 15 de Novembro de 2002 às 11:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Euronext Lisbon seguia a ganhar com os títulos da Portugal Telecom (PT), Electricidade de Portugal e Banco Comercial Português a impulsionarem o índice. O PSI20 registava uma valorização de 1,04%.

O PSI20 [PSI20] marcava 5.663,80 pontos com 13 títulos a subir, seis a descer e um inalterado.

A Portugal Telecom [PT] trepava 2,10% para os 6,31 euros, em linha com as suas congéneres europeias que registavam uma valorização média de 3%, a beneficiarem dos resultados «favoráveis» apresentados pela holandesa Royal KPN.

A sua concorrente para a área das telecomunicações móveis, a Vodafone Telecel, invertia esta tendência ao perder 0,99% para os 8 euros.

A SonaeCom [SNC] beneficiava da perspectiva de acordo pelos três operadores móveis para a compra da ONIWay à EDP e seguia a ganhar 1,07% para os 1,89 euros.

A Electricidade de Portugal [EDP] seguia a subir 1,80% para os 1,70 euros. A operadora nacional de electricidade liderada por Francisco Sanchez, deverá aumentar as suas tarifas eléctricas entre 3,5 e 4% no próximo ano, noticiou o «Diário de Notícias».

No sector da banca, os títulos do Banco Comercial Português [BCP] subiam 1,77% para os 2,30 euros, em linha com o seu concorrente BPI [BPIN] que registava uma valorização de 1% para os 2,03 euros e o Banco Espírito Santo [BESNN] que registava uma valorização de 0,84% para os 10,84 euros.

A Brisa [BRISA] subia 0,59% para os 5,08 euros e a Jerónimo Martins [JMAR] regredia 1% para os 6,92 euros.

Praças europeias sobem após divulgação dos resultados da KPN

Os principais índices europeus seguem a subir impulsionados pelas telecomunicações que foram estimuladas pelos resultados da operadora de telecomunicações holandesa, KPN. O AEX cresce 0,97%.

A KPN NV apresentou hoje o primeiro resultado positivo dos últimos dois anos. A operadora de telecomunicações registou, no terceiro trimestre, um lucro de 68 milhões de euros e deu o mote para a valorização das congéneres europeias.

O IBEX35 [IBEX] subia 1,04% para os 6.337 pontos com a Telefónica a crescer 1,74% para os 9,92 euros. O Banco Bilbao Viscaya e Argentaria valorizava 1,57% para os 9,71 euros.

No FTSE [UKX], o banco HSBC, que ontem perdeu 3,89% depois de ter anunciado a proposta de compra da Household International, valorizava 4,56% para as 7,10 libras (11,16 euros). O índice britânico crescia 0,90% para os 4.089,6 pontos.

O CAC40 crescia 0,97% para os 3.179,29 empurrado pela AXA que subia 4,62% para os 14,27 euros e pelo BNP Paribas que valorizava 1,92% para os 42,5 euros.

O DAX [DAX] valorizava 0,67% para os 3.209,7 pontos. A Deutsche Telekom subia 2,4% a cotar nos 11,97 euros e a Siemens acumulava valorização de 1,29% para os 47 euros.

O AEX acrescentava 0,97% para os 338,9 pontos. A KPN, que apresentou hoje resultados, subia 2,74% para os 6,37 euros e a Philips crescia 4,1% para os 18,04 euros.

Por Joaquim Madrinha e Paulo Soares de Oliveira

Ver comentários
Outras Notícias