Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa nacional perde mais de 1% e acompanha sentimento negativo da Europa

A bolsa nacional continua a perder mais de 1% pressionada pelos títulos da Galp Energia e da Jerónimo Martins. O PSI-20 recua 1,08% e acompanha o sentimento negativos dos restantes mercados europeus. As praças do Velho Continente regressaram hoje às perdas após terem encerrado ontem em forte alta impulsionadas pelas subida dos mercados norte-americanos.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 26 de Setembro de 2008 às 12:37
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
A bolsa nacional continua a perder mais de 1% pressionada pelos títulos da Galp Energia e da Jerónimo Martins. O PSI-20 recua 1,08% e acompanha o sentimento negativos dos restantes mercados europeus. As praças do Velho Continente regressaram hoje às perdas após terem encerrado ontem em forte alta impulsionadas pelas subida dos mercados norte-americanos.

O principal índice da bolsa nacional cai para os 8.146,74 pontos, com 14 títulos em queda, cinco a subir e um inalterado. Os mercados europeus regressaram hoje às perdas depois das negociações do plano de salvação do sistema financeiro dos Estados Unidos terem entrado num impasse.

Ontem, democratas e republicanos estiveram perto de chegar a acordo, levando os mercados europeus e norte-americanos a registar uma forte subida, mas um grupo de republicanos acabou por recuar e recusar apoiar o Plano Paulson.

A bolsa nacional não escapa a este sentimento negativo e recua mais de 1% pressionada pelos títulos da Galp Energia e da Jerónimo Martins. A petrolífera portuguesa recua 4,13% para os 12,195 euros, no dia em que o preço do petróleo está em forte queda nos mercados internacionais.

As acções da Jerónimo Martins perdem 4,61% para os 5,548 euros, apesar de fazerem parte das "top-picks" ibéricas de média e pequena capitalização bolsista do Deutsche Bank. O banco defende que a empresa oferece "crescimento com riscos relativamente limitados".

Em queda segue ainda o Banco Comercial Português, que recua 1,44% para os 1,162 euros. No restante sector da banca, o Banco BPI recua 1,58% para os 2,117 euros, enquanto o Banco Espírito Santo contraria esta tendência e ganha 0,38% para os 8,92 euros.

Fora do PSI-20, as acções do Banif seguem inalteradas nos 1,70 euros.

A impedir maiores perdas na bolsa portuguesa segue a Cimpor, com um ganho de 0,57% para os 4,431 euros e a Sonaecom, que avança 0,64% para os 1,735 euros.

Ainda no sector das telecomunicações, a Zon Multimédia recua 0,02% para os 5,289 e a Portugal Telecom segue inalterada nos 7,281 euros.

As acções da Brisa perdem 1,81% para os 6,50 euros, depois do Credit Suisse ter revisto em baixa o preço-alvo da empresa em mais de 7% para os 7,80 euros.

Ver comentários
Outras Notícias