Bolsa Bolsa nacional recupera pela quarta sessão

Bolsa nacional recupera pela quarta sessão

A bolsa nacional está a valorizar pela quarta sessão consecutiva, animada pelas subidas do BCP, Jerónimo Martins e Nos. Na Europa, a tendência é de ganhos ligeiros.
Bolsa nacional recupera pela quarta sessão
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 01 de julho de 2016 às 12:44

A bolsa nacional segue em terreno positivo pela quarta sessão consecutiva, com o PSI-20 a ganhar 0,66% para 4.483,07 pontos. Das 18 cotadas que formam o principal índice nacional, dez estão em alta, sete em queda e uma inalterada.

 

Na Europa, a tendência é de ganhos ligeiros, com os investidores animados com a perspectiva de mais estímulos por parte dos bancos centrais, para travar os efeitos negativos do Brexit. Os analistas antecipam que o Banco de Inglaterra vai anunciar um corte dos juros em Agosto, depois de Mark Carney ter dito ontem que vão ser implementadas novas medidas de estímulo no Verão.

 

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, valoriza 0,08% para 330,14 pontos, animado sobretudo pelas cotadas do sector automóvel.

 

Por cá, o BCP, a Jerónimo Martins e a Nos são as cotadas que mais impulsionam o PSI-20. As acções do banco liderado por Nuno Amado estão a subir 2,2% para 1,86 cêntimos, depois de ter sido conhecido, esta quinta-feira, que o BCP está entre as quatro instituições que se chegaram à frente com propostas para a aquisição do Novo Banco, no entanto com uma oferta condicionada que pode não ser considerada válida.

Também na lista para a compra do sucessor do BES está o 
BPI, que desce 0,45% para 1,103 euros. A estas duas ofertas, soma-se o interesse da parceria Apollo/Centerbridge e Lone Star.

 

Ainda na banca, o fundo do Montepio cai 0,99% para 50,1 cêntimos.

 

Já a Nos avança 1,17% para 5,514 euros, depois de ter anunciado ontem o financiamento em 100 milhões de euros, através de dois novos programas de papel comercial no valor de 20 milhões de euros cada e da emissão de novas obrigações no montante de 60 milhões de euros. 

 

A Jerónimo Martins ganha 1,87% para 14,425 euros e a Sonae avança 0,85% para 71,1 cêntimos.

 

Na energia, a EDP sobe 0,73% para 2,774 euros, a EDP Renováveis ganha 0,24% para 6,796 euros e a Galp Energia desce 0,4% para 12,45 euros depois de ter atingido máximos de Outubro de 2014 na sessão de ontem, nos 12,50 euros. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI