Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa sobe mais de 7% no terceiro trimestre liderada pela Sonaecom

A bolsa nacional fechou o terceiro trimestre do ano com uma subida de 7,14%, depois de uma queda de 4,56% no anterior, impulsionada pela subida acima dos 30% da Sonaecom, e acima dos 25% do BES, Sonae e Mota-Engil.

Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 30 de Setembro de 2013 às 18:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

O PSI-20 fechou o terceiro trimestre em alta, a subir 7,14%, impulsionado pela subida de 31,92% da Sonaecom, que beneficiou de notas de “research” positiva dos analistas, que acreditavam que a exposição à empresa liderada por Ângelo Paupério seria o melhor veículo para retirar dividendos da fusão entre a Zon e a Optimus.

 

Também os títulos da Zon acabaram a sair beneficiados da fusão em que esteve envolvida, e que entretanto foi concluída com sucesso, ao valorizarem 18,6% neste trimestre.

 

“Os investidores têm duas opções para jogarem esta fusão: a Zon Multimédia, o acesso mais líquido e directo a sinergias e geração de ‘cash flow’ ou a Sonaecom, uma ‘holding’ que terá uma posição de 32% na nova Zon Optimus e uma posição de capital estimada de 173 milhões de euros, que combinadas representam 95% do valor de mercado da Sonaecom”, explicava a nota dos analistas do BESI.

 

Em destaque no trimestre estiveram também o BES, que avançou 27,97%, a Sonae, que subiu 26,13% e a Mota-Engil, que apreciou 25,91%.

 

No sentido inverso estiveram apenas quatro empresas, o ESFG, que caiu 0,82%, a EDP Renováveis, que depreciou 2,59%, a Jerónimo Martins, que deslizou 6,24%, e o Banif, que recuou 89,2%, depois do aumento de capital levado a cabo pelo banco, como parte do processo de recapitalização, o que conduziu as acções ao valor de emissão de 0,01 euros por título.

 

Em Setembro, o PSI-20 registou uma subida de 2,51%, o terceiro avanço mensal consecutivo, com os títulos da PT a avançarem 16,59%.

 

Ainda em destaque estiveram as acções da Sonaecom, que subiram 14,75%, as da Sonae Indústria, que avançaram 14,31%, e as da Sonae, que apreciaram 11,08%.

 

No sentido oposto, e para o mês de Setembro, o Banif registou uma queda de 9,09%, a Galp Energia recuou 3,46% e o ESFG deslizou 1,14%.

Ver comentários
Saber mais Bolsa PSI-20 trimestre mês Euronext
Outras Notícias