Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa portuguesa desvaloriza pela nona sessão

A bolsa nacional abriu a sessão a perder terreno, pressionada com maior impacto pela Galp Energia e pela EDP. Na Europa a tónica também é de quedas, com os mercados a reflectirem os receios dos investidores de contágio da crise da dívida.

Andreia Major amajor@negocios.pt 18 de Novembro de 2011 às 08:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
O PSI-20 abriu a sessão a cair 0,52% para 5.412,17 pontos, com cinco cotadas em alta, 12 cotadas em queda, e três cotadas inalteradas. O índice está a cair pela nona sessão consecutiva e a negociar em mínimos de Abril de 2003.

Na Europa a tendência é também negativa, com os mercados a reflectirem os receios dos investidores de que os líderes europeus não irão conseguir arranjar uma solução para travar a crise da dívida soberana.

Por cá, a Galp Energia e a EDP são as cotadas que mais estão a penalizar o índice na abertura. A petrolífera desliza 1,29% para 12,245 euros, e a energética perde 0,43% para 2,301 euros.

No restante sector energético a tónica é mista. A REN cede 0,5% para 1,99 euros, e a EDP Renováveis avança 0,28% para 4,252 euros, e é a terceira cotada que mais trava as quedas do índice.

A penalizar a praça lisboeta segue-se a Jerónimo Martins, que reduz 0,35% para 12,77 euros, e a Brisa, que desliza 1,12% para 2,303 euros.

No sector da banca a tendência também é negativa. O BCP desce 0,88% para 0,112 euros, e o BES cai 0,89% para 1,221 euros. O BPI deprecia 1,86% para 0,421 euros, e o Banif negoceia inalterado nos 0,29 euros.

A Zon perde 1,12% para 1,857 euros, e a Sonae Indústria cai 2,36% para 0,537 euros.

A travar as quedas do PSI-20 está a Portugal Telecom, a subir 0,17% para 4,83 euros, e a Sonaecom SGPS avança 2,46% para 1,249 euros. A Cimpor aumenta 0,40% para 5,04 euros.

Ver comentários
Saber mais PSI-20 Galp Energia EDP
Outras Notícias