Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsa pouco alterada com quedas de PT e EDP a pressionar

A bolsa nacional seguia pouco alterada com as subidas do Banco Comercial Português e da Sonae a contrariarem as perdas da Portugal Telecom e da Energias de Portugal. O PSI-20 caía 0,04% numa sessão em que as bolsas europeias seguiam em queda.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 23 de Agosto de 2005 às 10:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional seguia pouco alterada com as subidas do Banco Comercial Português e da Sonae a contrariarem as perdas da Portugal Telecom e da Energias de Portugal. O PSI-20 caía 0,04% numa sessão em que as bolsas europeias seguiam em queda.

O principal índice da bolsa nacional cotava nos 7.796,09 pontos com sete acções a subir, nove em queda e quatro inalteradas.

O Banco Comercial Português [bcp] valoriza 0,46% para os 2,17 euros, que representa o valor mais elevado desde Março. Na restante banca, o Banco Espírito Santo [besnn] também avançava 0,39% para os 12,95 euros enquanto o Banco BPI [bpin] deslizava 0,28% para os 3,52 euros.

O Caixa BI manteve o preço-alvo de 3,5 euros para as acções do Banco BPI mas reviu em baixa a recomendação de «accumulate» para «hold» dado o «reduzido» potencial de valorização do título neste momento. O banco explica que apesar de existir espaço para uma revisão em alta das suas estimativas prefere mantê-las inalteradas enquanto as incertezas económicas permanecerem.

A Sonae SGPS [son] ganhava 0,83% para os 1,21 euros e a Media Capital somava 0,74% para os 6,85 euros no dia em que a alemã RTL anunciou que reforçou a sua posição (que considera estratégica) no capital da Media Capital para 16,1% do capital da empresa liderada por Paes do Amaral.

Na semana passada a Media Capital tinha comunicado que a RTL tinha reforçado a sua posição na dona da TVI de 11,6% para 14%. Esse reforço foi feito com a aquisição de 2,41% do capital da Media Capital à Nexgen, por 13,87 milhões de euros. O restante sector «media» seguia em queda com a Impresa e a Cofina [cofi] a perderem 0,76% para os 5,20 euros e 0,66% para os três euros, respectivamente.

A Portugal Telecom [ptc] perdia 0,63% para os 7,95 euros enquanto a PT multimédia [ptm] contrariava a casa-mãe com ganhos de 0,24% para os 8,26 euros.

A Energias de Portugal [edp] deslizava 0,45% para os 2,23 euros enquanto a ParaRede [para] escorregava 3,57% para os 0,27 euros.

A Brisa, que seguia inalterada nos 6,87 euros foi acusada pela DECO de «desprezar o direito dos consumidores» ao manter o preço da portagem na auto-estrada de Cascais (A5), apesar das obras que decorrem há vários meses afectarem diariamente milhares de utentes.

Outras Notícias