Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas americanas abrem em subida com regresso da confiança dos investidores (act)

As bolsas nos EUA abriram a valorizar, com o Nasdaq a somar 1,13% e o Dow Jones a avançar 0,43%, com os investidores a acreditarem que a correcção do mercado ao longo do último mês, deixou os títulos baratos em relação à expectativa de crescimento dos gan

Susana Domingos sdomingos@negocios.pt 12 de Março de 2004 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas nos EUA abriram a valorizar, com o Nasdaq a somar 1,13% e o Dow Jones a avançar 0,43%, com os investidores a acreditarem que a correcção do mercado ao longo do último mês, deixou os títulos baratos em relação à expectativa de crescimento dos ganhos.

O Dow Jones [INDU] cotava nos 10.171,93 pontos, o Nasdaq [CCMP] marcava 1.965,92 pontos. O Standard & Poor"s 500 (S&P 500) negociava em subida de 0,50% para 1.112,35 pontos.

Esta semana, os principais índices norte-americanos anularam os ganhos acumulados desde o início do ano. O Nasdaq recuou 2,97% desde o início de 2004, o S&P500 desceu 0,46% e o Dow Jones acumula perdas de 3,11%.

Os investidores aguardam os números da confiança dos consumidores, divulgados pela Universidade de Michigan. As estimativas dos analistas apontam para uma ligeira alteração, subindo para 94,5 este mês, depois de uma forte queda registada em Fevereiro para os 94,4.

A Dell, a maior fabricante mundial de computadores pessoais, valorizava 2,87% para 32,90 dólares (26,67 euros), após a JP Morgan ter revisto em alta a recomendação para o papel, passando de «neutral» para «overweigth» (sobre-exposição ao papel num período de 12 meses), citando as expectativas de crescimento dos ganhos à medida que a procura aumenta.

As companhias aéreas norte-americanas avançavam, apesar dos ataques terroristas que ocorreram ontem de manhã e que provocaram uma queda acentuada das companhias aéreas europeias ao longo da manhã. A AMR Corp., que opera a companhia American Airlines, subia 1,89% para os 13,46 dólares (10,91 euros).

As acções da Intel subiam 1,37% para 27,45 dólares (22,25 euros), a Microsoft subia 1,04% para os 25,35 dólares (20,55 euros) e a Oracle subia 1,39% para os 12,40 euros (10,05 dólares), mesmo depois de ter afirmado que os lucros poderão ficar na parte mais baixa da banda estimada pelos analistas, os 0,17 dólares por acção.

 

Ver comentários
Outras Notícias