Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas americanas conseguem fechar a subir apesar de atentados

As bolsas norte-americanas fecharam a valorizar, mesmo depois dos atentados que ocorreram hoje em Londres. O Nasdaq avançou 0,34% e o Dow Jones valorizou 0,31%, dando sinais positivos para a abertura das bolsas europeias amanhã.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 07 de Julho de 2005 às 21:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas fecharam a valorizar, mesmo depois dos atentados que ocorreram hoje em Londres. O Nasdaq avançou 0,34% e o Dow Jones valorizou 0,31%, dando sinais positivos para a abertura das bolsas europeias amanhã.

O Nasdaq [CCMP] fechou a sessão nos 2.075,66 pontos e o Dow Jones [INDU] terminou o dia nos 10.302,29 pontos.

Os índices abriram a sessão em queda, contagiados pelas fortes perdas das bolsas europeias, mas fecharam com ganhos, sinalizando o optimismo que os atentados de Londres terão pouco impacto na economia e na saúde das empresas americanas.

Na Europa as perdas das praças europeias aproximaram-se de 2%, devido às explosões que ocorreram em Londres e provocaram pelo menos 37 mortos e 700 feridos, segundo o último balanço oficial.

«O mercado tem uma habilidade de suportar surpresas», explicou um operador à Bloomberg. «Apesar das consequências terríveis, os ataques perpetrados fora dos Estados Unidos tem pouco impacto nos mercados accionistas americanos», disse outro operador.

As retalhistas lideraram os ganhos, depois de terem anunciado a maior subida nas vendas no último ano. A Gap valorizou 3,76%.

Também a impulsionar os índices, a IBM apreciou 2,07%, a Boeing subiu 1,38% e a Caterpilar subiu 2,15%.

Os investidores estão também agora atentos aos resultados do segundo trimestre, que começam agora a ser apresentados. A Alcoa, que dá hoje o pontapé de saída na época de resultados, subiu 0,35%.

Outras Notícias