Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas americanas seguem pouco alteradas após dados económicos

As Bolsas norte-americanas seguiam mistas e pouco alteradas, após a universidade de Michigan ter divulgado hoje que Índice de Confiança do Consumidor norte-americano aumentou para 89,6 pontos. O Dow Jones crescia 0,11%, o Nasdaq descia 0,06%.

Bernardo Meira bmeira@mediafin.pt 31 de Outubro de 2003 às 15:31
  • Partilhar artigo
  • ...

As Bolsas norte-americanas seguiam mistas e pouco alteradas, após a universidade de Michigan ter divulgado hoje que Índice de Confiança do Consumidor norte-americano aumentou para 89,6 pontos. O Dow Jones crescia 0,11%, o Nasdaq descia 0,06%.

O Dow Jones [INDU] valorizava para os 9.799,78 pontos, enquanto o Nasdaq [CCMP] caia para os 1.932 pontos.

O índice de confiança dos consumidores americanos, medido pela Universidade de Michigan, subiu em Outubro acima das previsões dos analistas e da anterior estimativa.

O índice subiu de dos 87,7 pontos registados em Setembro para 89,6 pontos em Outubro. A primeira estimativa da Universidade apontava para um valor de 89,4 pontos e os analistas aguardavam que fosse hoje revisto para 89,5 pontos.

Os gastos dos consumidores americanos desceram em Setembro, pela primeira vez em um ano, com as aquisições de automóveis a baixarem de um nível recorde atingido nomes anterior.

Por fim, o NAPM de Chigado anunciou que o índice que mede a actividade manufactureira cresceu de 51,2 para 55 pontos em Outubro.

Nas valorizações, a maior fabricante mundial de software, a Microsoft, avançava 0,5% para os 26,26 dólares (22,56 euros), juntamente com a fabricante de produtos informáticos e software IBM que valorizava 0,3% para os 89,41 dólares (76,80 euros).

A Microsoft, maior empresa de «software» do mundo, encontra-se a analisar a realização de uma oferta sobre o motor de busca da Internet Google, noticiou o «New York Times, citando quadros da companhia.

O Google, um dos motores de busca de Internet mais utilizados do mundo, está a ponderar uma dispersão de capital em Bolsa (IPO) no início do próximo ano, que avalia a empresa em mais de 15 mil milhões de dólares (12,7 mil milhões de euros) e vai testar o mercado de emissão de acções de Wall Street.

A liderar os ganhos, a segunda maior organização de químicos dos EUA, a DuPont avançava 1,3% para os 41,02 dólares (35,23 euros) e a General Electric valorizava 0,8% para os 29,11 dólares (25 euros).

Nas perdas, a Walt Disney, maior empresa de entretenimento e cinema infantil , recuava 0,4% para os 22,78 dólares (19,57 euros), juntamente com fabricante de veículos de construção Caterpillar que descia 0,3% para os 73,63 dólares (63,25 euros).

No Nasdaq, a industrial American Power Conversion liderava os ganhos, valorizando 15,2% para os 20,62 dólares (17,71 euros), após ter divulgado ontem que os seus resultados aumentarem 33% na mesma altura que as vendas aumentaram 11%. O portal de Internet Terralycos subia 2,5% para os 5,77 dólares (4,99 euros).

Outras Notícias