Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas asiáticas registam maior ganho num mês

As principais praças asiáticas seguem a negociar em terreno positivo, a caminho de registar o maior ganho num mês, impulsionadas pela expectativa de que a recuperação da economia mundial esteja a ganhar força.

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 02 de Dezembro de 2010 às 07:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As bolsas japonesas já terminaram a sessão com o Nikkei a valorizar 1,81% para os 10.168,52 pontos, enquanto o Topix apreciou 1,29% para os 877,21 pontos. O desempenho dos principais índices asiáticos na sessão de hoje está a levar o “benchmark” para a região a registar a maior subida num mês.

O índice MSCI Asia Pacific soma 1,4% para 131,67 pontos, estando a preparar-se para obter o maior ganho desde 4 de Novembro.

O optimismo dos investidores em relação ao rumo da economia global está também a ser responsável pela valorização dos preços das matérias-primas e pela apreciação do dólar face ao iene, com a moeda norte-americana perto de atingir o valor mais elevado em nove semanas.

A contribuir para o sentimento dos investidores estão os indicadores económicos publicados. Foi anunciado que as empresas japonesas aumentaram os gastos pela primeira vez em três anos. Ontem foram conhecidos dados nos Estados Unidos que revelaram um crescimento do emprego e uma expansão na indústria manufactureira.

Por outro lado, há alguma expectativa em torno dos dados a conhecer do outro lado do Atlântico. As estimativas dos economistas consultados pela agência Bloomberg apontam para que, amanhã, o Departamento do Trabalho dos Estados Unidos anuncie que a criação de postos de trabalho aumentou pelo segundo mês.

As atenções dos mercados estarão hoje voltadas para a reunião mensal de política monetária do Banco Central Europeu (BCE). Ainda que não sejam esperadas alterações na taxa de juro de referência, que deverá manter-se no mínimo histórico de 1%, há a expectativa de que seja atrasada a retirada das medidas de liquidez de emergência, numa altura em que se teme o contágio da crise da dívida soberana na Zona Euro.

“Estamos a ver sinais promissores na economia e o sentimento do mercado está a melhorar globalmente”, referiu à agência Bloomberg Mitushige Akino, gestor de activos no Ichiyoshi Investment Management. O mesmo responsável acrescentou que “a melhoria do sentimento do mercado deverá impulsionar a entrada de dinheiro nos activos de risco”.

Ver comentários
Saber mais Bolsas asiáticas Nikkei Topix Japão Estados Unidos BCE
Mais lidas
Outras Notícias