Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas do EUA aliviam de máximos com receios de abrandamento económico

Os índices norte-americanos iniciaram a sessão a desvalorizar depois do Departamento do Comércio ter divulgado um crescimento dos gastos dos consumidores inferior ao esperado em Março. O Dow Jones perdia 0,01% e o Nasdaq descia 0,26%.

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 30 de Abril de 2007 às 15:28
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os índices norte-americanos iniciaram a sessão a desvalorizar depois do Departamento do Comércio ter divulgado um crescimento dos gastos dos consumidores inferior ao esperado em Março. O Dow Jones perdia 0,01% e o Nasdaq descia 0,26%.

O Dow Jones cotava nos 13.119,23 pontos, enquanto o Nasdaq marcava 2.550,63 pontos.

Os gastos das famílias norte-americanas aumentaram 0,3% em Março, uma subida menor do que a registada em Fevereiro. A subida ficou aquém das previsões do mercado com os consumidores a retrairem os gastos devido à subida dos preços da gasolina.

Os economistas consultados pela agência Bloomberg apontavam para um aumento de 0,5%.

Ajustados à inflação, os gastos das famílias caíram o máximo desde Setembro de 2005.

Este indicador reacende as dúvidas do mercado quando à sustentabilidade do crescimento económico norte-americano numa altura em que o mercado imobiliário está em crise.

A Alcoa caia 1,19% para 35,56 dólares e pressionava o Dow Jones para a primeira queda em cinco sessões.

A JP Morgan descia 0,38% para 52,35 dólares enquanto o Citigroup subia 0,34% para 53,55 dólares.

No Nasdaq, a Texas Instruments perdia 0,60% para 34,62 dólares e a Yahoo! descia 1,02% para 28,03 dólares.

1 euro = 1,36345 dólares

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias