Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA caem com receio de que os resultados fiquem aquém do esperado

As bolsas dos EUA encerraram em queda pressionadas pelo receio dos investidores que as empresas não consigam aumentar os lucros, depois da Motorola ter advertido o mercado para o facto dos resultados do quarto trimestre irem ficar aquém do esperado. O Dow

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 05 de Janeiro de 2007 às 21:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas dos EUA encerraram em queda pressionadas pelo receio dos investidores que as empresas não consigam aumentar os lucros, depois da Motorola ter advertido o mercado para o facto dos resultados do quarto trimestre irem ficar aquém do esperado. O Dow Jones desceu 0,66% e o Nasdaq recuou 0,78%, depois de ontem ter valorizado mais de 1%. A Motorola afundou mais de 7%.

O índice industrial Dow Jones [indu] depreciou para os 12.398,01 pontos e o tecnológico Nasdaq [ccmp] cedeu para os 2.434,25 pontos.

A Motorola anunciou ontem que as vendas de telemóveis mais baratos reduziram os lucros e as receitas em algumas regiões, desiludindo os analistas. O presidente executivo, Ed Zander disse que a empresa estava "muito desapontada" com o quarto trimestre, o que fez afundar as acções. Os títulos da Motorola caíram 7,79% para 18,95 dólares depois de já terem recuado mais de 12%.

Para além deste facto, hoje foram divulgados dados económicos que diminuem as probabilidades da Reserva Federal (Fed) norte-americana reduzir os juros a curto prazo, o que também pressionou as bolsas norte-americanas.

O Departamento do Trabalho dos EUA divulgou que o número de pessoas empregadas em Dezembro aumentou mais do que o esperado e que os salários também evoluíram positivamente, o que sugere que o mercado de trabalho vai conseguir atenuar o impacto do abrandamento do sector mobiliário.

Estes dados sugerem ainda que a Fed não deverá reduzir a taxa de juro, actualmente nos 5,25%, tão cedo, o que tem um impacto negativo na negociação bolsista.

A Amazon caiu 1,36% para os 38,37 dólares e a eBay recuou 2,56% para os 30,78 dólares, bem como a Alcoa que cedeu 1,27% para os 28,74 dólares.

Ver comentários
Outras Notícias