Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA caem penalizadas pelo sector industrial

Os principais índices norte-americanos encerraram em queda, penalizados pelo sector industrial, depois de terem sido divulgados dados económicos e de alguns analistas terem revisto em baixa estimativas de resultados para o sector.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 01 de Outubro de 2008 às 21:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os principais índices norte-americanos encerraram em queda, penalizados pelo sector industrial, depois de terem sido divulgados dados económicos e de alguns analistas terem revisto em baixa estimativas de resultados para o sector.

O Dow Jones desceu 0,18% para 10.831,07 pontos, o Nasdaq recuou 1,07% para os 2.069,40 pontos e o S&P500 desvalorizou 0,45% para os 1.161,06 pontos.

A General Electric (GE) encerrou a sessão a descer 3,92% para 24,50 dólares, depois de ter anunciado um aumento de capital de 12 mil milhões de dólares. A atenuar a queda esteve o facto da empresa ter revelado, ainda, que chegou a acordo para vender três mil milhões de dólares de acções preferenciais perpétuas ao multimilionário Warren Buffett.

A penalizar a negociação dos índices esteve ainda a divulgação da produção industrial norte-americana que, no mês de Setembro, caiu para o valor mais baixo desde Outubro de 2001, ao tocar nos 43,5 pontos.

Alguns analistas acreditam que o sector industrial vai enfrentar novos desafios nos próximos meses e reviram em baixa as previsões de resultados, o que afectou a transacção deste sector.

A contrariar esta tendência esteve o sector bancário com a expectativa de que as alterações propostas ao plano Paulson vão conseguir fazer com que o programa seja aprovado.

O Citigroup ganhou 12,14% para os 23,00 dólares, o JPMorgan avançou 6,70% para os 49,83 dólares e o Goldman Sachs apreciou 4,03% para os 133,16 dólares. A seguradora AIG também beneficiou destas expectativas e valorizou 18,32% para os 3,94 dólares.

1 euro = 1,4009 dólares

Ver comentários
Outras Notícias