Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA contrariam Europa e negoceiam em queda

As praças norte-americanas seguiam a negociar em queda, contrariando a tendência positiva do mercado europeu. O cancelamento do negócio do Kuwait para a aquisição da empresa química Rohm & Haas, está a penalizar a sessão de hoje.

Lara Rosa lararosa@negocios.pt 29 de Dezembro de 2008 às 15:11
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As praças norte-americanas seguiam a negociar em queda, contrariando a tendência positiva do mercado europeu. O cancelamento do negócio do Kuwait para a aquisição da empresa química Rohm & Haas, está a penalizar a sessão de hoje.

O Dow Jones recua 0,16%, o Nasdaq perde 0,47% e o S&P500 desvaloriza 0,32%

O índice industrial negoceia nos 8.502,01 pontos, o tecnológico nos 1.523,07 pontos e o S&P500 nos 870,02 pontos.

O mercado accionista norte-americano está assim a contrariar a tendência positiva dos índices europeus penalizado pelo cancelamento da compra de uma participação de 50% na unidade de plasticos da Dow Chemical, por parte do Kuwait.

O Kuwait cancelou a compra da Rohm & Haas, um negócio que ascenderia a nove mil milhões de dólares (6,42 mil milhões de euros) em dinheiro, o que está a penalizar as empresas químicas dos EUA.

A Rohm & Haas recuava 22,04% para os 49,55 dólares e a Dow Chemical seguia a desvalorizar 16% para negociar nos 15,27 dólares.

A impedir maiores quedas na sessão de hoje estão os produtores de matérias-primas que negoceiam em alta impulsionados pela valorização das “commodities”, em especial do petróleo que já disparou mais de 12%.

O ouro também está a ganhar, a beneficiar da desvalorização do dólar, que negoceia em terreno negativo contra o euro e o iene.

A Exxon Mobil avança 1,23% para os 78,14 dólares, e as mineiras Newmont Mining e Freeport-McMoRan Cooper & Gold valorizam mais de 1%.


Veja também:

As cotações dos principais índices

A evolução das acções do Dow Jones e Nasdaq 100





Ver comentários
Outras Notícias