Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA encerram a cair

As bolsas norte-americanas encerraram hoje a cair, corrigindo a subida de ontem, traduzindo a ideia que os preços das acções estão já a reflectir as previsões de aumento de lucros. O Dow Jones encerrou a cair 0,20% e o Nasdaq a recuar 0,49%.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 04 de Novembro de 2003 às 21:22
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas encerraram hoje a cair, corrigindo a subida de ontem, traduzindo a ideia que os preços das acções estão já a reflectir as previsões de aumento de lucros. O Dow Jones encerrou a cair 0,20% e o Nasdaq a recuar 0,49%.

O Dow Jones [INDU] fechou nos 9.838,83 pontos, enquanto o Nasdaq [CCMP] encerrou nos 1.957,97 pontos.

A maior fabricante de película fotográfica, a Kodak [EK UN], aumentou 0,37%, depois de o milionário Carl Icahn ter recebido a aprovação das entidades reguladoras para adquirir uma quantidades não especificada de valores mobiliários e activos da companhia.

A fabricante de «software» Novell avançou 21,16%, a maior subida da sessão de hoje no S&P 500, no dia em que foi conhecido que a IBM [IBM UN] irá investir 50 milhões de dólares (43,47 milhões de euros) na companhia. A IBM caiu 0,80%.

A Novell [NVLS UQ] acordou igualmente hoje a compra da Suse Linux por 210 milhões de dólares (182,58 milhões de euros), aumentando os seus serviços para o sistema operativo Linux.

A fabricante de lâminas de barbear Gillette aumentou 4,80%, depois de revelados os seus resultados trimestrais, que superaram as estimativas dos analistas.

A Marvel Entreprises, editora de livros de banda desenhada, caiu 6,07% depois das previsões de lucros para o quarto trimestre terem ficado abaixo das expectativas dos analistas.

A companhia que mais contribuiu para a queda do Dow Jones foi a Merck [MRK UN] que desvalorizou 2,15%.

O american depositary receipt (ADR) da Portugal Telecom (PT) [PTC] avançou 1,08% para 8,45 dólares (7,35 euros), enquanto em Lisboa as acções da operadora de telecomunicações subiram 1,10%, para 7,32 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] aumentou 1,97% para 22,77 dólares (19,81 euros), enquanto em Lisboa a empresa viu os seus títulos encerrarem nos 1,96 euros, a avançar 0,51%. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Outras Notícias