Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA encerram a perder condicionadas por resultados (act.)

As bolsas norte-americanas terminaram hoje a sessão a desvalorizar, condicionadas pela queda das empresas de tecnologias, após a divulgação de resultados trimestrais abaixo das expectativas. O Dow Jones perdeu 1,01% e o Nasdaq caiu 2,23%.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 21 de Julho de 2004 às 21:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas terminaram hoje a sessão a desvalorizar, condicionadas pela queda das empresas de tecnologias, após a divulgação de resultados trimestrais abaixo das expectativas. O Dow Jones perdeu 1,01% e o Nasdaq caiu 2,23%.

O Dow Jones [INDU] fechou nos 10.046,13 pontos, a desvalorizar 1,01%, enquanto o Nasdaq [CCMP] encerrou nos 1.874,37 pontos, a cair 2,23%.

A Motorola liderou as perdas, ao recuar 7,33%, para 14,91 dólares (12,16 euros) depois da segunda maior fabricante mundial de telemóveis ter anunciado que as vendas externas da companhia recuaram 5% no segundo trimestre.

A Mercury Interactive, fabricante de ‘software’ que testa o desempenho de programas de computadores, deslizou 11,23%, para 37,93 dólares (30,94 euros) depois de ter divulgado que o lucros trimestral foi de 22 cêntimos por acção. Os analistas consultados pela Thomson Financial aguardavam lucros de 25 cêntimos por título no período em análise.

Outras acções associadas ao sector acabaram por sofrer com as notícias de resultados abaixo do esperado, com as da Intel, maior fabricante mundial de semicondutores, que caiu 2,93%, para 22,56 dólares (18,46 euros); e as da Cisco Systems, que recuaram 3,24%, para 21,17 dólares (17,27 euros).

As notícias sobre resultados trimestrais acabaram por ofuscar a notícia do dia do sector de tecnologia, em que a Microsoft anunciou o maior plano de remuneração de accionistas alguma vez efectuado nos Estados Unidos. A empresa de Bil Gates vai recomprar acções próprias no valor de 30 mil milhões de dólares, pagar um dividendo especial de 3 dólares, e duplicar o dividendo regular, numa remuneração total de 75 mil milhões de dólares (60,85 mil milhões de euros). A companhia terminou nos 28,86 dólares (23,54 euros), a avançar 1,91%.

O ADR da Portugal Telecom (PT) [PTC] caiu 1,70%, para 10,42 dólares (8,50 euros), enquanto em Lisboa as acções da operadora de telecomunicações terminaram a sessão a avançar 0,23%, para 8,62 euros.

O ADR da Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] desvalorizou 0,98%, para 29,17 dólares (23,80 euros), enquanto em Lisboa os títulos da empresa atingiram os 2,37 euros, inalterada. Cada ADR equivale a 10 acções da eléctrica nacional.

Ver comentários
Outras Notícias