Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA seguem a subir com dados económicos positivos

As bolsas dos EUA seguiam a subir depois do Departamento do Trabalho ter divulgado que o crescimento da produtividade foi acima do esperado no segundo trimestre. O Dow Jones avançava 0,53% enquanto o Nasdaq subia 0,37%.

Ana Filipa Rego arego@negocios.pt 09 de Agosto de 2005 às 14:56
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas dos EUA seguiam a subir depois do Departamento do Trabalho ter divulgado que o crescimento da produtividade foi acima do esperado no segundo trimestre. O Dow Jones avançava 0,53% enquanto o Nasdaq subia 0,37%.

A produtividade dos trabalhadores norte-americanos cresceu 2,2%, no segundo trimestre deste ano, o valor mais baixo dos últimos nove meses, divulgou o Departamento do Trabalho acrescentando que os custos do trabalho registaram a maior subida em cinco anos.

A produtividade subiu 2,2%, no período em análise, contra 3,2% verificados nos três meses anteriores, mas, apesar do abrandamento, este valor ficou acima das previsões dos analistas contactados pela Bloomberg que apontavam para 2%.

O Dow Jones cotava nos 10.593 pontos impulsionado pelas subidas de 1,29% para os 35,40 dólares da General Motors e de 0,42% para os 26,32 dólares da Pfizer.

O Nasdaq valia 2.172,47 pontos e valorizava 0,37% com o contributo de empresas como a Nortel, que subia 2,78% para os 3,70 dólares e da Amazon que somava 1,20% para os 46,21 dólares.

Hoje os investidores estão de olhos postos na decisão da Reserva Federal norte-americana que deverá anunciar, ao final do dia, um novo aumento dos juros no país, de acordo com as previsões dos analistas consultados pela agência Bloomberg.

A taxa de juro de referência nos Estados Unidos deve sofrer um aumento de 25 pontos base para 3,5%, no final da reunião do Comité de Política Monetária.

A reunião da Fed termina hoje às 19:15 de Lisboa, altura em que a autoridade monetária da maior economia do mundo deverá anunciar a décima subida consecutiva dos juros nos EUA.

Ver comentários
Outras Notícias