Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA sobem mais de 1% animadas pela banca e tecnológicas

As bolsas dos EUA seguem em alta, a beneficiar dos ganhos no sector financeiro e das tecnológicas. Os índices recuperam, assim, das quedas superiores a 3% registadas na sessão de ontem.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 24 de Fevereiro de 2009 às 14:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
As bolsas dos EUA seguem em alta, a beneficiar dos ganhos no sector financeiro e das tecnológicas. Os índices recuperam assim das quedas superiores a 3% registadas na sessão de ontem.

O Dow Jones sobe 1,00% para 7.185,75 pontos, o Nasdaq cresce 1,56% para 1.409,40 pontos e o S&P500 ganha 1,19% para 752,20 pontos. Ontem os índices norte-americanos encerraram a cair mais de 3% com receios de que a recessão económica seja mais profunda e se prolongue, afectando os resultados das cotadas.

A Home Depot ganha 4,33% para 19,52 dólares, depois de ter apresentado os resultados do quarto trimestre. Apesar de ter anunciado prejuízos de 54 milhões de dólares (52 milhões de euros), ou 3 cêntimos de dólar por acção, no quarto trimestre, os números acabaram por ser bem recebidos. Excluindo itens extraordinários, a retalhista de bens para a casa registou um lucro de 19 cêntimos por acção, o que supera os 15 cêntimos estimados pelos analistas consultados pela Bloomberg.

A contribuir para os ganhos está ainda o JPMorgan, depois do banco ter anunciado que o desempenho no primeiro trimestre é “solidamente rentável” e que as estimativas de resultados estão “aproximadamente em linha com as expectativas dos analistas”, segundo o banco citado pela Bloomberg.

As acções do JPMorgan sobem 2,20% para 19,94 dólares, uma evolução que está a ser partilhada pelo sector bancário nos EUA. O Citigroup cresce 6,07% para os 2,27 dólares e o Goldman Sachs avança 2,25% para os 81,87 dólares.

As acções da American International Group (AIG) descem afundam 24,54% para os 0,40 dólares depois de ter sido noticiado que a seguradora está a preparar a conversão das acções preferenciais detidas pelo Governo norte-americano em acções normais, de acordo com uma fonte próxima do assunto. Além desta notícia foi ainda noticiado que a AIG recebeu propostas da MetLife e da AXA para a unidade de seguros de vida, uma alienação que poderá marcar o maior passo para a reestruturação da empresa, segundo três fontes citadas pela Bloomberg.

As tecnológicas contribuem para os ganhos dos índices, com a Dell a subir 3,40% para os 8,262 dólares, a Ebay a ganhar 2,25% para os 11,79 dólares, a Google a crescer 1,71% para os 335,70 dólares e a Yahoo a subir 4,43% para os 12,50 dólares.

Veja também:

As cotações dos principais índices

A evolução das acções do Dow Jones e Nasdaq 100


Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias